Corumbá participa da 3ª Conferência Estadual de Economia Solidária de MS

Corumbá participa da 3ª Conferência Estadual de Economia Solidária de Mato Grosso do Sul, que acontece entre hoje (26) e amanhã (27), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, Capital do Estado. O evento tem como tema “Construindo um Plano Nacional da Economia Solidária para promover o direito de produzir e viver de forma associativa e sustentável”.

 

 

Com o objetivo de debater temas e questões sobre economia solidária para que sejam elaboradas políticas públicas neste sentido, participam da conferência, três delegados gestores, dois delegados de entidades da entidade de apoio Aclaud e do Conselho Municipal de Cultura e mais seis delegados dos empreendimentos.

 

Economia solidária

 

De acordo com a organização da conferência, a Economia Solidária pode ser definida como uma maneira diferente de as pessoas se organizarem em torno de seu trabalho e dos benefícios que este pode produzir. Além de significar uma forma de produção e consumo voltados prioritariamente à valorização do ser humano e da natureza.

 

 

Programação

 

Na manhã de hoje, 26, o público participou de uma leitura e aprovação da Programação e do Regimento Interno, uma palestra com o Secretário Nacional de Economia Solidária do MTE, Paul Israel Singer.  O encontro ainda contou com uma palestra do governador do Estado André Puccineli.

 

 

A atividade também contou com uma palestra da Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Mara Garib e Sebastiana Almire de Jesus, representando a Comissão Organizadora Nacional da III Conferência Nacional de Economia Solidária.

 

Ainda sobre o encontro, os conferencistas participaram de um debate sobre Balanço e Perspectivas para a Economia Solidária, que teve como mediadora Sebastiana Almire de Jesus, do Governo do Estado, Segmento dos Empreendimentos Econômicos Solidários,  Entidade de Apoio e Fomento com Rosane Juraci Bastos  Rede Gestores -Larissa Orro.

 

 

Economia solidária

 

De acordo com a organização da conferência, a Economia Solidária pode ser definida como uma maneira diferente de as pessoas se organizarem em torno de seu trabalho e dos benefícios que este pode produzir. Além de significar uma forma de produção e consumo voltados prioritariamente à valorização do ser humano e da natureza.