Corumbá já vacinou quase 20 mil pessoas contra a gripe A (H1N1)

A Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá já imunizou 19.561 pessoas contra o vírus da gripe A, o H1N1. Entre todos os grupos prioritários preconizados pelo Ministério da Saúde, só as gestantes e crianças ainda não atingiram a meta de imunização, estipulada nacionalmente em 80%.

 

“Por isso estamos ampliando a vacinação, levando a dose também para todas as feiras livres da cidade”, explicou a secretária de Saúde, Dinaci Ranzi. A vacinação será feita por uma equipe volante e começa nesta quinta-feira, dia 12 de junho, na feira do Bairro Universitário, das 7h30 as 12 horas.

 

No dia 16 o trabalho será na feira do Cristo Redentor; no dia 17, na feira da Popular Nova; no dia 18, na feira do Dom Bosco; no dia 20, na feira da Nova Corumbá; no dia 21, na feira central; no dia 27, na feira da Popular Velha, e no dia 28, na feira do Centro América. O atendimento será sempre das 07h30 às 13h30.

 

“Conseguimos mais duas mil doses junto ao Ministério de Saúde para fortalecer esse trabalho de imunização em toda nossa cidade. Fizemos um pedido de cinco mil doses e ainda temos a expectativa de receber, em breve, outra remessa”, afirmou a secretária nessa quarta-feira, durante entrevista coletiva.  

 

Dinaci ressaltou ainda que a prevenção contra a gripe A começa dentro de casa, com hábitos simples, mas extremamente importantes. “A higiene pessoal é até mais importante que a vacina. É preciso lavar as mãos, manter o ambiente doméstico limpo e arejado. Isso é fundamental”, completou.

 

Números da gripe

 

De acordo com o coordenador de imunização do Município, Wanglei Bento, 6.305 crianças foram vacinadas contra a gripe A. O número representa 76% do total estabelecido para a cidade. Entre as gestantes, a quantidade exata é de 910, ou 60%. Também foram imunizados 8797 idosos, 269 indígenas, 240 puérperas e 3040 profissionais da área de saúde.

 

“Todos os casos suspeitos de H1N1 estão sendo monitorados e acompanhados pelas equipes da Prefeitura”, garantiu a coordenadora de Vigilância em Saúde de Corumbá, Beatriz Assad. “Vale reforçar também que a cidade não está em situação de risco para a doença”, completou.

 

Ribeirinhos

 

As famílias residentes nas regiões de difícil acesso do Pantanal corumbaense também serão imunizadas contra o Influenza A. os ribeirinhos receberão as doses por meio do Programa Social Povo das Águas. Só nesta primeira ação do ano, que atende a parte alta da planície pantaneira, foram levadas 300 doses da vacina.