Arraial do Banho de São João será aberto no dia 21, em Corumbá

Tradição secular reconhecida como a melhor festa junina de todo o Mato Grosso do Sul e o único do Brasil que mantém a tradição de banhar a imagem do santo, o Arraial do Banho de São João movimenta Corumbá no período de 21 a 23 de junho. E este ano, muitas atrações estão previstas, como concursos, shows musicais, barracas de comidas, bebidas e doces típicos, além da tradicional lavagem de São João nas águas do rio Paraguai.

 

A festa é promovida pela Prefeitura Municipal e representa a valorização e o resgate das tradições folclóricas e da cultura popular que se manifestam através das rezas e crenças, cujas raízes estão presentes no sentimento e na alma do povo corumbaense.

 

A programação está a cargo da Fundação de Cultura de Corumbá que, na semana passada, concluiu o recadastramento dos festeiros que, no dia 23, movimentam toda a cidade pantaneira. Este ano, 91 deles atualizaram e confirmaram a realização dos festejos juninos e outros cinco ingressaram no cadastro. A expectativa da Fundação é que mais de cem andores descerão a Ladeira Cunha e Cruz, acesso à prainha do Porto Geral, onde acontece a lavagem das imagens do santo, rito singular da fé pantaneira, na noite de 23 de junho.

 

A programação será aberta no sábado, 21, com apresentação de quadrilhas e o Concurso de Andores, para o qual já há a inscrição de oito competidores. Os interessados têm até segunda-feira, 16 de junho, para garantirem a participação no concurso. Na mesma noite, a partir das 23 horas, está programado show com a dupla Marlon e Maike, e depois o palco será entregue para artistas locais.

 

No domingo, 22 de junho, a partir das 18 horas, é a vez do Concurso de Quadrilhas Juninas que animará o público para o show de Sá e Guarabyra, a partir das 21h30. A dupla alcançou o grande público do país nas décadas de 70 e 80, com as canções “Dona”, “Sobradinho” e “Espanhola”. Com um estilo musical conhecido como rock rural, a dupla foi influenciada pelos grandes nomes do rock dos anos 70 (Bob Dylan, Beatles, Stills & Nash) e pela música caipira, do interior do Brasil. Após Sá e Guarabyra, sobem ao palco bandas e músicos locais que adentram à madrugada em festa.

 

Para o dia 23, véspera da data dedicada a São João, a ladeira Cunha e Cruz começa a receber os festeiros e seus andores a partir das 18 horas. Mais tarde, às 20 horas, iniciam se os shows musicais com artistas locais, preparando o público para o momento de elevação do Mastro de São João, às 23h30. À meia-noite, as atenções se voltarão para o céu que será colorido por fogos do show pirotécnico que anuncia a chegada do dia de São João. Após as luzes no céu pantaneiro, a música volta para o palco central com o show da dupla Marcelo e Renato.