Veículo na Via, Pedestre na Faixa conscientiza condutores no bairro Guatós

A Prefeitura de Corumbá, através da Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), continua as ações do programa “Veículo na via, Pedestre na faixa”. A proposta é trabalhar comportamento, postura e comunicação viária, bem como promover a cultura do respeito ao pedestre e à faixa de segurança nas vias públicas.

 

Implantado desde o ano passado, o programa já percorreu escolas da área central e do bairro Universitário, e agora, está desenvolvendo ações na escola municipal Almirante Tamandaré, no bairro Guató, onde o fluxo de veículos pesados e de passeio é intenso devido à presença do Anel Viário.

 

Na semana passada, os alunos assistiram a palestras e participaram de ações educativas no pátio da escola. Nesta segunda fase, funcionários da Agetrat foram ao encontro dos motoristas na via, onde explicaram sobre o programa no momento em que entregavam panfletos.

 

A terceira fase deve acontecer na próxima semana quando os alunos irão aplicar de forma prática os ensinamentos recebidos no interior da escola. Os estudantes serão levados para a via e, com a orientação dos funcionários, estimulados a procederem a travessia.

 

Jociane Azarias dos Santos, chefe de Núcleo da Agetrat e coordenadora do programa “Veículo na via, Pedestre na faixa”, comentou que o sucesso das ações só é possível por contemplar os dois pólos da relação no trânsito: condutores e pedestres.

 

“Não adianta trabalhar a criança, o aluno, e não trabalhar o condutor, pois é um conjunto de responsabilidades”, observou ao destacar que “o pedestre é o detentor da prioridade de passagem na faixa”, mas nem por isso deve se esquecer de simples práticas que fazem a diferença na prevenção de acidentes,

 

“Aplicamos a regra de ver e ser visto. Muitas vezes, a pessoa vai atravessar a via e não comunica a intenção ao condutor. No momento que você percebe que aquele condutor te viu e ele também o avistou, você pede a passagem com a mão”, explicou a coordenadora.

 

As vias em frente às escolas participantes do programa recebem ainda reforço da sinalização com a instalação de placas e faixas, alertando para práticas que garantam um trânsito mais seguro.

 

Reestruturando

 

Como forma de melhorar a trafegabilidade e diminuir o risco de acidentes entre veículos e pedestres, a Prefeitura de Corumbá já estuda um novo traçado do Anel Viário. O atual desenho do corredor de veículos pesados entrou em conflito com o crescimento urbano da cidade e por isso a FUHPAN (Fundação do Patrimônio Histórico e Desenvolvimento Urbano) estuda três novos trajetos mais periféricos. O projeto será apresentado até o final deste primeiro semestre.