Prefeitura investe na estrutura física para ampliar atendimento na saúde

Em Corumbá, a Prefeitura está investindo na estrutura física com implantação de mais unidades de saúde para que a população tenha maior acesso aos serviços de saúde pública. Esta semana, o prefeito Paulo Duarte entregou a nova Unidade de Saúde do Bairro Dom Bosco, denominada de Padre Ernesto Sassida, e anunciou a manutenção da estrutura anterior, agora conhecida como Ênio Cunha II. Nos próximos dias, o Chefe do Executivo corumbaense vai entregar o novo prédio da Unidade de Saúde Dr. Humberto Pereira, no Bairro Nossa Senhora de Fátima.

 

Durante a inauguração da Unidade Padre Ernesto Sassida, o prefeito anunciou que o antigo posto de saúde da região, na Alameda das Laranjeiras, 170, não será fechado. O prédio atenderá uma segunda unidade do Ênio Cunha, ampliando assim a estrutura para atender uma população estimada de cinco mil pessoas do Dom Bosco, Generoso e Arthur Marinho.

 

A construção dos prédios das unidades Padre Ernesto Sassida e Dr. Humberto Pereira integram um pacote de benefícios que está sendo cumprido pela Prefeitura. Para se ter uma ideia, o Município está aplicando cerca de R$ 12 milhões em construções, reformas e ampliações de unidades de saúde, para ampliar a capacidade de atendimento à população, uma das prioridades do prefeito Paulo Duarte, além de programas e projetos em andamento ou em fase de implantação.

 

Contando a unidade de saúde entregue na quinta pelo prefeito, o Município está investindo hoje um total de R$ 4.116.291,79 (R$ 2.512.471,87 da União; R$ 919.708,36 do Estado; R$ 706.541,21 do Município) na conclusão das obras da UPA 24 Horas do Guató (R$ 1.625.962,20); construções das unidades de saúde Humberto Pereira no Bairro Nossa Senhora de Fátima (R$ 451.292,50) e Luis Fragelli no Universitário (R$ 457.917,79). Na obra do Dom Bosco o investimento foi de R$ 592.964,00..

 

Outra grande benfeitoria foi a implantação do Laboratório Municipal, estrutura entregue dias atrás pelo prefeito Paulo Duarte, localizada no complexo do hospital da cidade, ao lado do Pronto Socorro. O novo laboratório funciona em um prédio anexo ao Hemonúcleo e na reforma e ampliação, os investimentos foram de R$ 110.487,51.

 

A Prefeitura está investindo também nas ampliações das unidades do Beira Rio (R$ 99.726,31), Gastão de Oliveira (R$ 144.780,77), Paulo Maissato na Nova Corumbá (R$ 42.570,35) e do Taquaral (R$ 159.031,77), além da adequação do muro da unidade de saúde do centro (R$ 82.448,58).

 

Outros investimentos são a Academia de Saúde intermediária na praça do Estádio Arthur Marinho (R$ 142.212,93), e a Academia de Saúde ampliada do Cristo Redentor (R$ 216.371,45).

 

Além disso, o Município já executou e entregou quatro academias públicas de saúde ao ar livre nas praças dos bairros Guató e Nova Corumbá, na praça São Francisco e no complexo poliesportivo (R$ 84.269,95).

 

Mais benfeitorias

 

Além das obras já entregues e em andamento, a Prefeitura vai aplicar outros R$ 7,7 milhões em construções, reformas e ampliações de unidades de saúde, totalizando R$ 11.906.594,78, recursos oriundos do Governo Federal e do Município.

 

São sete projetos que totalizam R$ 7.790.302,99, sendo R$ 7.469.402,38 do Governo Federal, e R$ 320.900,61 da própria Prefeitura. A verba será aplicada na reforma e readequação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no valor de R$ 1.035.628,54; reforma do Centro de Saúde da Mulher, R$ 1.500.358,96.

 

Serão aplicados também R$ 772.314,79 na reforma do Centro de Saúde Dr. João de Brito, no Bairro Aeroporto; R$ 750.180,94 no Centro de Saúde da Ladeira Cunha e Cruz, na área central da cidade; R$ 1.510.983,22 na reforma e readequação do Pronto Socorro Municipal.

 

Outros investimentos serão na construção de  mais um Laboratório Municipal, na esquina da Rua Frei Mariano com a Rua Porto Carrero, no valor de R$ 950 mil, e mais R$ 1.270.836,54 na Casa de Acolhimento Transitória, na Rua José Fragelli, bairro da Popular Nova.