Prefeitura e Marinha fazem ação emergencial na região do São Lourenço

Equipes da Prefeitura de Corumbá embarcaram na manhã dessa quarta-feira, 07, no navio Aviso Transporte Fluvial Pirain, para uma ação emergencial do programa Povo das Águas na região do São Lourenço, alto Pantanal. Os trabalhos serão desenvolvidos com o apoio da Marinha do Brasil, após parceria oficializada na última segunda-feira, 05, durante reunião com as presenças do prefeito Paulo Duarte, do contra-almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, comandante do 6º Distrito Naval, além de outras autoridades.

 

Diante da cheia que afeta 34 famílias ribeirinhas naquela região, a Prefeitura solicitou apoio da Marinha do Brasil que, de imediato, colocou sua estrutura à disposição do Município. “É uma ação muito importante para a população ribeirinha que carece realmente desse tipo de ajuda. E nós estamos aqui para poder ajudar essa população, fazendo com que os ribeirinhos tenham uma qualidade de vida melhor”, comentou o Capitão Tenente Silvio da Costa Proença, comandante do navio, acrescentando que a embarcação conta com 23 militares.

 

A ação emergencial no São Lourenço está ocorrendo devido à cheia do Rio Paraguai na região. O secretário de Governo, Márcio Cavasana, recebeu informações da equipe que atua no Povo das Águas, sobre famílias que estão sofrendo com o crescente aumento do nível das águas.

 

“Nos solicitaram atendimento médico, remédios, cloro para tratar a água, entre outras coisas. A orientação do prefeito Paulo Duarte foi para que providenciamos um atendimento emergencial, para assistir estas famílias e a Marinha do Brasil, de pronto, colocou-se à disposição”, disse o secretário.

 

As equipes da Prefeitura e da Marinha embarcam no Porto do 6º Distrito Naval. A ação acontecerá até o dia 10 de maio, sábado. Médico, dentista e enfermeiro fazem parte do grupo. Só da Prefeitura, são 11 pessoas das pastas de Saúde, Assistência Social e Defesa Civil.

 

Cronograma

 

Após esta ação emergencial, o programa Povo das Águas retorna à região do alto Pantanal no período de 25 a 31 de maio, para atendimento aos ribeirinhos residentes da Colônia São Domingos ao Porto Novo Horizonte, na divisa com o Mato Grosso.

 

A segunda edição será no período de 08 a 13 de junho, na região do Taquari, no médio Pantanal, do Corixão até o Porto Sairú, na Colônia Bracinho. A terceira será entre 13 e 18 de julho, no baixo Pantanal, do Porto Formigueiro até Forte Coimbra.

 

Em agosto, de 03 a 08, a ação retorna ao Taquari. No período de 24 a 30 de agosto, será no alto Pantanal; de 07 a 12 de setembro, no baixo Pantanal; de 12 a 17 de outubro, no Taquari; de 09 a 15 de novembro, no alto Pantanal, e de 07 a 12 de dezembro, no baixo Pantanal. Serão ao todo, nove edições até o final o ano, com três em cada região pantaneira.