Paulinho da Viola lota a praça e diz que “show em Corumbá foi gratificante”

Gratificante. Foi dessa forma que Paulinho da Viola definiu o seu show de sexta-feira, 02, na Praça Generoso Ponce. Ele foi a atração da noite no Festival América do Sul e se disse “honrado por ter sido convidado”. E não poderia ser diferente. O músico foi recebido de forma calorosa pelo público e mostrou mais uma vez o porque de ser um dos melhores sambistas brasileiros.

 

Esta foi a primeira vez de Paulinho da Viola em Corumbá. Ele encantou o público presente com o show que tem rodado o Brasil numa turnê para celebrar os mais de 50 anos de carreira, com músicas que marcaram época, sucessos que teve acompanhamento de quem estava na praça. No repertório todos os clássicos, como “A Dança da Solidão”, “Para ver as meninas”, “Coração Leviano”, entre outros.

 

Disse estar “feliz” porque teve a oportunidade de conhecer Corumbá. “Muitas pessoas que eu conheço falam daqui. Muitos cariocas que vieram morar aqui, falam da cidade. E eu não conhecia. O show, pra nós, muitos gratificante, realmente ficamos muito felizes e muito honrados”, disse em entrevista à imprensa após o espetáculo.

 

Maria Gadú

 

Depois de Paulinho da Viola é a vez de Maria Gadú se apresentar em Corumbá. O show será esta noite, 03, na Praça Generoso Ponce. Será a oportunidade que o público terá para presenciar os sucessos que estão marcando seus quatro anos de carreira, de seus primeiros álbuns, “Maria Gadú” e “Mais Uma Página”, além de hits que influenciaram sua carreira.

 

Ao longo de quatro anos Gadú vendeu 180 mil cópias de seu primeiro disco “Maria Gadú”. Quando lançou seu segundo álbum “Mais Uma Página” a cantora firmou seu espaço e conquistou a marca de 100 mil exemplares vendidos.