Hoje tem Sidney Magal na Noite da Seresta especial do mês das mães

Lançando o segundo DVD da carreira iniciada em 1976, o cantor Sidney Magal se apresenta nesta sexta-feira, 30 de maio, na Noite da Seresta, evento promovido pela Prefeitura Municipal de Corumbá, através da Fundação Municipal de Cultura.

 

As Noites da Seresta se tornaram tradicionais na cidade ao marcar as principais datas comemorativas. O calendário deste ano se inicia com a homenagem ao mês das mães para qual foi escolhido o cantor que mistura ritmos dançantes e romantismo durante seus espetáculos.

 

Ele se apresentará em um palco montado na avenida Generoso Ponce, na avenida General Rondon. Costumeiramente, as serestas acontecem no Jardim da Independência, também na área central da cidade, mas devido a esta edição especial, o evento foi levado para a Generoso Ponce, espaço que comporta um público maior esperado para o show. Serão disponibilizadas 300 cadeiras para as primeiras pessoas que chegarem ao local da apresentação.

 

A praça de alimentação sempre presente nas edições da Noite da Seresta também estará compondo a estrutura do evento desta sexta-feira. As barracas com comidas, bebidas e doces típicos, além de artesanatos, ficarão instaladas na rua 7 de Setembro, nas imediações da área destinada ao show.

 

Coração Latino


Nascido em uma família de artistas, Sidney Magal começou sua carreira nos anos 70 cantando em programas de televisão, boates e casas noturnas. Nessa época, ele já dividia o palco com nomes como Emílio Santiago e Alcione.

 

Foi na Europa que Magal se tornou o artista que o Brasil todo viria a conhecer. Em 1971, o cantor viajou para o velho continente e acompanhou um grupo folclórico brasileiro, que executava canções de vários estilos da música nacional.

 

Magal marcou sua carreira artística com a figura do amante latino mostrando seu ritmo e performance singulares. Para Corumbá, o artista trará no repertório os principais sucessos de sua carreira, como Meu sangue ferve por você, Me chama que eu vou, Sandra Rosa Madalena, além das inéditas Coração Latino e Erótica.