Formação contribui para melhoria da leitura e escrita nas escolas da Reme

Com o objetivo de contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras, Professores da Rede Municipal de Ensino (REME) participam durante toda esta sexta-feira, 23, da Formação da Olimpíada de Língua Portuguesa. Em sua quarta edição, a atividade acontece no Cemper, reunindo profissionais que estejam realizando projetos em sala de aula.

 

 

Trabalhando quatro gêneros textuais: Poema, Memórias Literárias, Crônica e Artigo de Opinião, o encontro contou a participação da professora e doutora, Rosangela Villa, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, que ministrou sobre o tema: “Meu caminho pela leitura e pela escrita”. “Eu estou aqui para conversar com eles sobre o que é a língua portuguesa. Vamos tentar mensurar um pouco as possibilidades de uso de uma língua”, disse.

 

 

“A partir do momento que consegue refletir um pouco sobre isso, conseguimos também direcionar o nosso trabalho de professor de língua Portuguesa, despertando  o interesse do estudante pelo uso da língua e compreendendo  todas as possibilidades de uso da mesma”, Concluiu  Rosangela Villa.

 

 

Para a secretária de Educação, Roseane Limoeiro, a capacitação é uma estratégia para trabalhar e desenvolver melhor a língua portuguesa nas escolas. “É um trabalho de leitura e escrita, que é baseado na decodificação do código escrito, no desenvolvimento cultural e social dos anos nossos alunos”, definiu a responsável pela pasta, acrescentando que o encontro é uma política pública da Secretaria de Educação de Corumbá, para que fortaleça a compreensão da língua portuguesa em sala de aula.

 

 

“A presença da professora Rosangela Villa reflete a parceria, onde todos estão envolvidos pela melhoria da qualidade na produção de texto e da leitura, atingindo diretamente os nossos professores em sala de aula”, destacou, explicando que, após esse primeiro momento de formação, os professores desenvolverão em sala de aula, por meio de gêneros textuais diferenciados, oportunidades para que esses estudantes compreendam técnicas de redação, melhorando seu espírito crítico e sua visão de mundo pela leitura e escrita”, concluiu.