Circuito de Corrida de Rua leva 640 pessoas às ruas de Corumbá, novo recorde

Com um recorde de inscritos, a segunda etapa do Circuito de Corrida de Rua de Corumbá driblou o forte sol costumeiro da região e levou 640 pessoas para a prática da vida saudável na noite deste sábado, 10 de maio. Foram quase cem inscrições a mais que as registradas na primeira etapa quando 547 pessoas participaram da prova.

 

Com diferentes modalidades e trechos de percurso, o Circuito possibilita a democracia do esporte, pois coloca todos os inscritos, desde os mais jovens a partir dos 11 anos com os idosos juntos durante a largada. O conjunto de provas (são seis etapas ao total) é composto em cada etapa de: 3km de caminhada; 3 km de corrida (categorias mirim e infantil); 5km corrida (masculino e feminino) e 10km corrida (masculino e feminino).

 

“A gente tem trabalhado muito com a equipe da Fundação de Esportes para termos a oportunidade de colocar o esporte também como uma das prioridades da nossa administração, no sentido de esporte como integração, como uma política de saúde, de bem-estar, e acima de tudo, que todos possam participar, o que menos importa é a classificação. O importante é que a população tem entendido essa política da Prefeitura que só faz sentido se tem a participação popular”, afirmou o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, que também participou da prova.

 

Em Família


Melhor exemplo para atestar que a Circuito de Corrida de Rua é extremamente democrático vem da família de Valério que, hoje, aos 37 anos de idade, vence a depressão graças à corrida praticada ao lado da esposa Rosilene; do filho mais velho, Vinícius, de 10 anos; e do caçula, Nicolas, este que ainda ao menos de dois anos, acompanha a prova do interior do carrinho empurrado pelo pai.

 

“É muito prazeroso andar e correr com a família, é um momento de conversa. Foi um presente de Deus essa corrida. A gente começou a trazer o Nicolas no carrinho porque a gente não tinha com quem deixa-lo, ele gostou e assim já vai acostumando com o ritmo”, explica Valério.

 

Também ao lado de seu pai, a atleta corumbaense campeã mundial de jiu-jitsu, Ariadne de Oliveira, mostrou mais uma vez que foi destinada à vitória. Ela, que venceu a primeira etapa do Circuito nos 10Km feminino, repetiu a dose.

 

“A corrida me ajuda no jiu-jitsu e o jiu-jitsu me ajuda na corrida. A gente – eu, meu pai (treinador) e o pessoal da academia – participa mais para brincar. Meu pai é um atleta e um vai incentivando o outro e conseguimos chegar até o final”, disse a jovem, que é filha do mestre de jiu-jitsu e médico Manoel João.

 

Depois de Ariadne, passaram pela chegada a campeã de edições anteriores do Circuito, Maria Luciane Rondon e, em terceiro lugar, Sílvia Baruki.

 

Prestigiando e vencendo


Também nos 10 quilômetros, só que na categoria masculina, o lugar mais alto do pódio também foi um “reprise” da primeira etapa, quando o campo-grandense Vilmar Roberto Dias venceu a prova. O atleta, desta vez, veio de uma série de corridas em Minas Gerais e Goiás e, após a prova de Corumbá, seguiu para o Circuito Caixa de Corrida de Rua, na Capital.

 

“Estou vindo de três competições importantes. Hoje, a prova foi à noite e a gente teve uma vantagem porque aqui é muito calor mas, apesar disso, consegui vencer a anterior também.  Segurei um pouco o ritmo para correr o Circuito Caixa já na sequência, estou com um rendimento espetacular e vou aproveitar essa fase”, comentou Vilmar que já avisa que participará das próximas etapas em Corumbá.

 

O segundo lugar dos 10km masculino ficou com Carlos Covo e, o terceiro, com Marcos Francisco Pereira, o Baianinho, que também coleciona vitórias do circuito local em anos anteriores.

 

Interação e parceria


Diretor-presidente da Fundação de Esportes de Corumbá (FUNEC), Elvécio Zequetto, destacou que, este ano, o Circuito busca, a cada prova, um diferencial e que a participação dos corredores é fundamental.

 

“Criamos com o blog (www.circuitodecorridaderua.blogspot.com.br) um meio de comunicação, então são eles próprios que acabam oferecendo sugestões à coordenação. Estamos, esse ano, contemplando outros trajetos, pois ano passado as seis etapas ficaram no mesmo traçado”, lembrou.

 

Na prova deste sábado, o SESI foi um importante parceiro, oferecendo com seus monitores o serviço  de índice de massa corpórea, aferição de pressão arterial e recreação para crianças com brinquedos infláveis.

 

Premiação

 

O Circuito Corumbá de Corrida de Rua 2014 vai distribuir R$ 14 mil dinheiro para os vencedores das 10 categorias em disputa. Nos 10 quilômetros masculino, o prêmio é de R$ 1 mil ao campeão, R$ 800 para o vice e R$ 600 para o terceiro colocado.

 

Nas faixas etárias (Juvenil – 16 a 19 anos; Adulto A – 20 a 29 anos; Adulto B – 30 a 39 anos; Master A – 40 a 49 anos; Master B – 50 a 59 anos; e Master C – a partir de 60 anos) dos 10 km masculino, a premiação é de R$ 500, R$ 300 e R$ 200, para o primeiro, segundo e terceiro classificado, respectivamente.

 

Nos 10 quilômetros feminino, as cinco primeiras colocadas serão premiadas. Os valores são de R$ 1 mil, R$ 800, R$ 600, R$ 500 e R$ 400. Nos 5 quilômetros, os valores são de R$ 500, R$ 400 e R$ 300 para as mulheres e de R$ 500, R$ 300 e R$ 200 para os homens. No Mirim e Infantil, masculino e feminino, os prêmios são de R$ 200, R$ 150 e R$ 100.

 

Além disso, serão sorteadas 12 bicicletas e diversos outros brindes. A cada etapa são sorteadas duas bicicletas, uma para os integrantes da caminhada e outra para a corrida. Desta vez, quem levou a bicicleta, pela caminhada, foi Vicentina Maria dos Santos e, pela corrida, Leandro de Souza.

 

“A motocicleta será sorteada na última etapa entre todos os atletas que participaram de pelo menos de três provas”, complementou Zequetto.

 

A terceira etapa está prevista para o dia 07 de julho, na Praça do Sesi, no bairro Maria Leite. A quarta (03 de agosto) volta para o Centro da cidade, como ocorreu na primeira, com a quinta e sexta marcadas para a Nova Corumbá e o Maria Leite, respectivamente, nos dias 14 de setembro e 18 de outubro.