Corumbá receberá o Cadastro de Artesãos entre os dias 1º e 3 de maio

A Fundação de Cultura de Corumbá, visando facilitar o processo de cadastramento dos artesãos e trabalhadores manuais do município no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Siscab), articulou junto à Fundação de Cultura do Estado (FCMS), a vinda de técnicos da Gerência de Atividades Artesanais, responsáveis pelo cadastro, verificação da técnica e emissão dos documentos. O atendimento acontecerá entre os dias 01 e 03 de maio (quinta-feira à sábado), das 13h30 às 17h, no Instituto Luiz de Albuquerque (ILA), situada na Praça da República, 119, Centro.

 

Os interessados poderão efetuar cadastro ou renovação das carteirinhas já vencidas, além da inclusão de técnicas em cadastro já existente. De acordo com a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, a vinda desses profissionais é um a grande oportunidade para os artesãos, já que há algum tempo a cidade não contava com a visita dos mesmos. Ela esclareceu que o registro abre diversas possibilidades aos artesãos.

 

“O reconhecimento passa pela sistematização. Não basta apenas termos o reconhecimento por bons trabalhos, como é o nosso caso, precisamos também sistematizar isso, registrar do ponto de vista legal e não apenas da competência”, avaliou.

 

“Esse registro é importante também para o trabalho em parceria com a Prefeitura, por exemplo, que pode captar recursos para que esses artesãos participem, desde que cadastrados. Sem contar vários editais voltados para quem tem o reconhecimento com a documentação (carteirinha)”, lembrou ao citar ainda a participação em eventos estaduais e nacionais, bem como a articulação respaldada na esfera da Economia Solidária.

 

O cadastro no Siscab é gratuito, e será feito exclusivamente nos dias e horários estipulados. Os interessados deverão comparecer ao local indicado munidos de CPF, RG (carteira de identidade), comprovante de residência e uma foto 3×4. Deverão, também, levar uma amostra do seu produto artesanal pronto e uma peça para demonstrar a técnica artesanal, iniciando o trabalho ou terminando-o de forma breve, o que servirá para atestar que é o próprio artesão que executa o trabalho.

 

Ainda, se o interessado possuir a carteira de Artesão do Estado, mas não tiver realizado o cadastro no sistema nacional, ou possuir uma carteira de artesão vencida, poderá passar pelo processo sem necessidade de demonstrar a técnica, servindo apenas como renovação do cadastro. Porém, aqueles interessados em adicionar uma nova matéria-prima ou técnica precisarão passar pelo processo de demonstração. 

 

Os artesãos já cadastrados no Siscab, ou seja, os que já possuem a Carteira Nacional, devem aproveitar o momento para atualizar seus dados, como endereço e contatos telefônicos

 

As carteiras serão impressas em Campo Grande e enviadas, posteriormente, para serem entregues pela Fundação de Cultura de Corumbá. Para mais esclarecimentos sobre o procedimento, o telefone disponível é (67) 3234-3450.