Corumbá combate exploração sexual contra crianças e adolescentes

A Prefeitura de Corumbá inicia na próxima semana, uma grande mobilização social de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. O trabalho está a cargo da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, com apoio de parceiros, e integra a programação do Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, em 18 de maio.

 

A campanha será desenvolvida nas escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino, com realização de palestras; blitz educativa; rodas de conversas nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) com as famílias, crianças e adolescentes; ações durante a realização do Festival América do Sul, além de outras atividades.

 

A mobilização está sendo articulada pela equipe da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, por meio da Gerência de Proteção Social Especial, em conjunto com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Estão sendo programadas também ações em parceria com o PAIR (Programa de Ações Integradas e Referenciais no Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes).

 

A iniciativa vai permitir realização de palestras nas escolas para alunos do 3° ao 9° ano, com distribuição de material alusivo ao tema e sorteio de camiseta da campanha. A previsão é levar esta ação a 21 unidades de ensino da Rede Municipal, inclusive da zona rural; 10 da Rede Estadual, e em seis estabelecimentos particulares.

 

Outra iniciativa será a fixação de cartazes em hotéis, bares e unidades de saúde e disponibilização de panfletos e blocos de anotação nos hotéis durante a realização do Festival América do Sul.

 

A blitz educativa acontecera antes do dia 18 de maio e será uma forma de sensibilizar a população quanto ao problema. Para o dia 18, os organizadores estão em entendimento com os proprietários de restaurantes da cidade, para que todos os garçons utilizem camiseta alusiva à campanha.

 

A mobilização é um dos eixos do Plano Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. A iniciativa busca sensibilizar a população sobre a importância da denúncia de casos de violência sexual envolvendo crianças e adolescentes.

 

A campanha será voltada para orientação de crianças e adolescentes acerca dos tipos de violência e órgãos de proteção e sensibilização da sociedade sobre a necessidade de denúncia de situações de violência. Tem como público alvo as crianças e adolescentes matriculados na rede regular de ensino; famílias cadastradas nos CRAS; famílias assistidas pelo CREAS, e sociedade em geral.