Com homenagem a Senna, Corumbá abre oficialmente os XXXII JECs

A XXXII edição dos Jogos Escolares de Corumbá (JECs) foi aberta oficialmente na noite dessa terça-feira, 29, com uma emocionante e animada festa realizada no ginásio do Sesi. A solenidade começou com a exibição de um vídeo do piloto Ayrton Senna. Amanhã, dia 1º de maio, completa 20 anos da morte de um dos maiores ídolos esportivos da história do País.

 

“Ele foi um dos maiores atletas do Brasil e do mundo, um exemplo de determinação, garra, força de vontade para enfrentar os problemas”, destacou o prefeito Paulo Duarte durante seu discurso. O chefe do Executivo municipal também comentou o recente episódio de racismo envolvendo o jogador brasileiro Daniel Alves, do Barcelona .

 

“O Daniel Alves deu a melhor resposta que podia para a intolerância, a ignorância. Pegou essa banana e comeu, dando uma banana para o racismo. Somos todos iguais e temos que ser respeitados independentemente da cor de nossa pele, da classe social ou da orientação sexual. Somos todos seres humanos”, reforçou.

 

Agradecendo a presença do público que lotou a arquibancada do ginásio, o diretor-presidente da Fundação de Esportes de Corumbá, Elvécio Zequetto, lembrou que esses exemplos de dedicação ao desporto e respeito ao próximo devem ser vividos diariamente por todos, principalmente pelos alunos envolvidos nos Jogos Escolares.

 

“O mais importante é participar, ter espírito de liderança, de solidariedade. Precisamos dizer, todos juntos, não ao racismo e sim ao esporte”. E esse ideal de confraternização foi simbolizado pelo acendimento da pira olímpica feito pelo atleta Denilson Gomes da Silva, integrante da seleção estadual de Vôlei.

 

O juramento dos atletas foi puxado por Gabriela Espinoza, jogadora de futsal campeã estadual e vice-campeã brasileira com a seleção do Estado. Jonatas Loureiro, lutador de judô com diversos títulos no currículo, entregou um troféu ao prefeito de Corumbá. A cerimônia foi encerrada com a apresentação do grupo Ginasloucos, de Dourados.

 

Foram diversas em enterradas de basquetebol de uma forma atraente e extrovertida, feitas de forma individual, dupla, trios e coletivas, com evoluções e grau de dificuldade em cada jogada, combinando adrenalina, música, humor, animação e participação do público. De Corumbá, o grupo seguiu para São Paulo, onde participa do programa Legendários, da Record.