Vice-ministro boliviano alinha ações culturais e de segurança com prefeito de Corumbá

O vice-ministro de Culturas da Bolívia, Ignácio Soquere, juntamente com uma comitiva de autoridades do país vizinho, entre elas, o prefeito da cidade fronteiriça de Puerto Suarez, Roberto Vaca Yorge, foram recebidos pelo prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, no final da tarde desta terça-feira, 11 de março, para tratarem de assuntos de integração entre os países.

 

O chefe do Executivo corumbaense recebeu o convite dos representantes da Bolívia para a participação de representações culturais da região no Festival do Pantanal, evento programado para acontecer no mês de agosto, em território boliviano, envolvendo três países: Brasil, Bolívia e Paraguai.

 

“O festival vai ser em dança e música. Durante o dia muitas conversas e oficinas para conscientizar as pessoas, envolver ainda gastronomia, artesanato, história e muitos outros temas, sobre como nossos povos tem convivido e repassar essas informações às nossas gerações mais recentes”, explicou o vice-ministro Soquere.

 

O prefeito Paulo Duarte explicou que, desde o início de seu mandato, tem buscado ações que reforcem os laços entre os povos fronteiriços. Ele citou a relação entre Brasil e Bolívia nos âmbitos educacional, de turismo e cultural.

 

“Na Educação, atendemos em nossas escolas cerca de 700 estudantes de origem boliviana. No Carnaval, este ano, pela primeira vez, tivemos a participação de um bloco (comparsa) da cidade de Puerto Suarez em nosso desfile oficial e, atrelado ainda ao carnaval, somente nesses quatro dias, estimamos que foram gastos cerca de R$ 2 milhões por turistas que visitaram nossa cidade e foram fazer compras na Bolívia”, disse Duarte ao mostrar a forte integração econômica entre as cidades da fronteira.

 

O prefeito de Corumbá aproveitou para entrar em outro tema de bastante apelo entre a população fronteiriça: a segurança. “Nós temos grandes oportunidades de trabalhar juntos, precisamos assim fazer. Temos que fortalecer esse setor para que a gente recomende a visita ao país vizinho com segurança, para que possamos crescer juntos. Muitas vezes, as pessoas não vão ao outro lado com receio”, destacou ao afirmar às autoridades bolivianas que Corumbá está à disposição para formular ações conjuntas.

 

O vice-ministro, Ignácio Soquere, disse ter formado uma boa impressão do contato com o prefeito Paulo Duarte e se comprometeu a levar os anseios expostos na reunião para as autoridades de seu país.

 

“Além de falarmos do festival, esse contato foi importante porque abordamos a preocupação das autoridades de Corumbá sobre a segurança para os fronteiriços. Vou levar esse informe aos ministérios e ao nosso presidente Evo Morales para que, o mais breve possível, tenhamos uma reunião que garanta a segurança aos nossos cidadãos e uma convivência pacífica, que é o mais importante”, afirmou Soquere.

 

Também participaram da reunião, o Secretário de Indústria e Comércio de Corumbá, Pedro Paulo Marinho de Barros; a secretária executiva de Cultura de Corumbá, Cléa Cabrera; Adhemar Añy Peiñedo, responsável pelo Festival Danza Cruz; Flores, Adhemar Campeiro Garcia, artista de Puerto Suarez; Simons Duran Blacutt, responsável pela ADEMAF (Agencia para el Desarrollo de las Macroregiones y Zonas Fronterizas) em Puerto Suarez;  Mayko Goméz Ortega, do setor de comunicação da ADEMAF; e o empresário Miguel Tomelic.