Estátuas são reinstaladas e Prefeitura prepara urbanização do Morro do Cruzeiro

As estátuas da Via Sacra, que foram recuperadas pela artista plástica Izulina Xavier nos últimos três meses em seu ateliê, estão sendo devolvidas para o caminho de acesso ao Morro do Cruzeiro, onde em seu topo está instalada a imagem do Cristo Rei do Pantanal. O local é considerado um dos pontos turísticos da cidade por permitir a vista privilegiada do horizonte pantaneiro.

 

Com a reinstalação das imagens recuperadas, a Prefeitura Municipal de Corumbá, através da Fundação de Desenvolvimento Urbano e do Patrimônio Histórico, apresentou a segunda etapa do projeto de “Urbanização e Revitalização do Alto do Morro do Cruzeiro” que prevê melhorias para recepcionar moradores e visitantes.

 

A proposta é iniciar os trabalhos até o mês de junho, segundo informou o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, que esteve na manhã desta quinta-feira, 20 de março, no alto do morro, juntamente com a artista plástica, Izulina Xavier, que não soltou o terço de orações das mãos.

 

“Como eu estou feliz. A felicidade não é de hoje, mas desde o dia que comecei a recuperar as estátuas, eu não paro de rezar, estou com meu terço”, mostrou a senhora de 88 anos e que começou a esculpir com 57 devido a sua devoção a São Francisco de Assis, santo do qual produziu sua primeira grande imagem em concreto.

 

Todo o detalhamento do projeto de urbanização e revitalização foi repassado pela diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e do Patrimônio Histórico e primeira-dama do município, Maria Clara Scardini. Ela destacou que a iluminação ao longo do trajeto e topo do morro, paisagismo, acessibilidade, segurança com implantação de guarita e monitoramento por câmera, bem como a reforma da escadaria e pintura da estátua do Cristo Rei do Pantanal estão contemplados.

 

Dentro do projeto, estão previstos ainda a implantação de uma praça e uma área para estacionamento, a reabertura do CAT (Centro de Atendimento ao Turista) e melhorias na base do morro. Uma das novidades anunciadas para o local é a instalação de um binóculo fixo com as lentes voltadas para a cidade e o pantanal.

 

“Esse local não é apenas para o turista, é para a população apreciar, vivenciar momentos de lazer também e por isso ela tem que nos ajudar a conservá-lo”, observou o prefeito Paulo Duarte que comentou a preocupação com a gestão e o uso do espaço que passará a ser administrado pela Fundação de Turismo do Pantanal, cuja diretora-presidente, Hélènemarie Dias Fernandes, esteve presente durante a apresentação do projeto.

 

Segundo o chefe do executivo corumbaense, após a conclusão das obras, o espaço poderá ser usado para apresentações culturais e espetáculos artísticos, proposta compartilhada de aprovação pela diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá e vice-prefeita, Márcia Rolon, que lembrou eventos que já se consagraram “aos pés da imagem do Cristo Rei do Pantanal”, como o Aleluia Fest e a Virada do Ano.

 

Todas as intervenções no espaço, estão orçadas, dentro do projeto no valor de R$ 856 mil, montante que a Prefeitura irá buscar com parcerias e recursos próprios, conforme anunciado pelo prefeito Paulo, que fez questão de ressaltar que as ações também são uma forma de homenagear a artista plástica Izulina Xavier que, com suas centenas de obras e jeito próprio de produção, tornou-se referência de arte no estado de Mato Grosso do Sul.

 

“A gente tem que aprender a fazer homenagens para as pessoas ainda em vida e com saúde como, graças a Deus, hoje, temos a dona Izulina aqui conosco. Isso também é uma homenagem a história dela em Corumbá, dessa piauiense que adotou e foi adotada por nossa cidade”, disse Duarte ao destacar que Cultura, Turismo e Desenvolvimento Urbano caminham juntos para o crescimento do município.