Curso de panificação é ministrado pelo Centro Dom Bosco dentro do presídio

O Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco concluiu na segunda-feira, 17, um curso de panificação especial. Desta vez, as aulas foram ministradas fora da sede da instituição e envolveu alunos que estão dispostos a mudar de vida, aprender uma nova profissão e, no futuro, usar este aprendizado como profissão.

 

A capacitação foi no Estabelecimento Penal Masculino de Corumbá e atendeu pessoas que estão cumprindo pena no local. Esta foi mais uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, que está ampliando o leque de atuação do Centro Dom Bosco, coordenado pela do Trabalho e Qualificação Profissional da Casa da Cidadania.

 

O curso foi ministrado pela instrutora Waldirene Jard e vem ao encontro das orientações do prefeito Paulo Duarte que é levar a capacitação profissional às mais diferentes regiões do Município, atendendo pessoas dos mais diferentes segmentos.

 

“Foi um curso importante e vem ao encontro do principal objetivo do prefeito Paulo Duarte que é de levar a qualificação profissional mais próximo da população, e isso inclui a ação no presidio masculino e feminino”, disse o gerente de Trabalho e Qualificação Profissional, Dilson Antônio Morais da Fonseca.

 

Para o coordenador do Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco, Ronney Cesar Jard, além de levar cidadania a essas pessoas, a ação foi novo marco. É que o curso reuniu homens e mulheres que cumprem penas nos presídios da cidade. Isto somente foi possível após autorização do Sistema Penitenciário para que as internas pudessem participar das aulas ministradas no presidio masculino.

 

Dilson Fonseca já informou que as capacitações continuarão sendo ministradas tanto no presídio masculino quanto no feminino, em atendimento a uma ação da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, com participação direta da secretária Andrea Cabral Ulle, e do subsecretário Nilo Correa.