Corumbá celebra missa pelo 1º ano de falecimento do padre Ernesto Sassida

Marcada para a quinta-feira, 13 de março, a missa de um ano de falecimento do padre Ernesto Sassida. A celebração será às 09 horas no Ginásio de Esportes da Cidade Dom Bosco, uma das grandes obras sociais fundadas por ele, mais de 50 anos atrás.

 

A missa vai contar com as participações de alunos e ex-alunos e funcionários da Cidade Dom Bosco; padres da Missão Salesiana de Mato Grosso; autoridades locais, e amigos do padre Ernesto que nasceu na Eslovênia, no dia 15 de outubro de 1919.

 

Sassida chegou ao Brasil com 16 anos, em setembro de 1935. No país, continuou os estudos e foi ordenado sacerdote. Enviado para Corumbá, entrou em contato com as famílias pobres da região,  conheceu de perto a realidade das localidades e percebeu que havia um enorme contraste entre ricos e pobres.

 

Tratou de oferecer opções aos perigos que enfraquecem especialmente às famílias mais carentes: a prostituição, o consumo e tráfico de drogas e outras situações que afrontam a dignidade da pessoa humana.

 

Em 1961 ele fundou a Cidade Dom Bosco, complexo missionário de atendimento à pobreza, por meio de escola, assistência social, reforço educacional, formação profissional, atendimento à saúde, ações de cidadania e abertura a Deus.

 

Animador do espírito que sempre renova a Cidade Dom Bosco, tem se dedicado também com carinho à organização e atuação dos ex-alunos.

 

Muitas iniciativas e projetos que têm ampliado o alcance da obra são levados adiante por amigos da obra e ex-alunos, tais como: Sino da Caridade, Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (CENPER), Projeto Pequeno Herói e Pequeno Herói Pantaneiro, Clube de Amigos do Padre Ernesto.

 

Desta forma, o trabalho desse sacerdote salesiano continua até hoje promovendo o bem na sociedade, em especial entre as crianças, adolescentes e jovens mais pobres. (Com informações da cidadedombosco.org.br)