Com índice levantado, Saúde prepara arrastão para eliminar focos da dengue

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Saúde, prepara para o dia 25 de março, terça-feira da próxima semana, um grande arrastão na área urbana, no sentido de conscientizar a população sobre a necessidade de eliminar os focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), realizado na última semana, apontou uma incidência de 8,11% na cidade, bem acima do aceitável pelo Ministério da Saúde que é de até 1,0%.

 

O arrastão vai acontecer de casa em casa e vai ser desenvolvido por todas as equipes de Saúde da Família das Unidades Básicas de Saúde existentes na área urbana. Neste dia, estas unidades vão estar fechadas e o atendimento será domiciliar, para um contato mais direto com o morador, orientando-o sobre como eliminar os focos da doença.

 

Além do segundo ciclo do LIRAa ter apresentado um índice de 8,11%, o levantamento mostrou que 75,50% dos focos estão dentro dos imóveis habitados: 45,70% nos depósitos de armazenamento de água em nível de solo, e 29,80% em pequenos depósitos móveis (vasos e pratos de plantas, frascos com plantas, bebedouros de animais, etc.). Lixo (recipientes plásticos, latas) sucatas e entulhos também preocupam. O levantamento apontou uma incidência de 15,23% nestes locais.

 

O LIRAa foi realizado entre os dias 10 e 12 de março e é de extrema importância para estabelecer as ações de prevenção e combate da doença na cidade. No primeiro ciclo, em janeiro, o levantamento apontou uma incidência de infestação de 4,63% na cidade.

 

Este último levantamento detectou também que a Nova Corumbá é o bairro da cidade com maior incidência, 18,31%, seguido do Guarani com 16,28%; Guató com 14,81%; Cristo Redentor com 14,55%; Dom Bosco com 14,29%; Centro América com 13,33%; Popular Velha 11,84; Universitário com 7,53%, Centro 1 (Edu Rocha até Antônio Maria Colho) com 5,98%; Centro 2 (Antônio Maria Coelho até a Albuquerque) com 4,91%; Generoso com 4,88; Previsul com 4,35%; Popular Nova com 4,12%; Nossa Senhora de Fátima com 3,57%; Jardim dos Estados com 2,88%; Arthur Marinho com 2,63%; Aeroporto com 1,12%; Maria Leite com 0,92%. Beira Rio, Cervejaria e Industrial não apresentaram focos.