Carnaval Cultural de Corumbá gera renda para os catadores de recicláveis

A cerveja e o refrigerante consumidos pelos foliões durante o Carnaval Cultural de Corumbá geraram renda para famílias de catadores de recicláveis.  A informação é da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal que, em parceria com a empresa “Ferro Velho e Reciclagens Nossa Senhora de Fátima”, cadastrou 12 catadores para trabalharem durante os cinco dias de folia, no circuito da festa.

 

“Esta ação foi uma forma de estimular a cadeia da reciclagem neste período do ano em que há maior produção de recicláveis”, afirmou a diretora-presidente da Fundação, Luciene Deová de Souza. “Os catadores cadastrados receberam um uniforme e comercializaram o material coletado com um representante da empresa parceira, o que possibilitou maior agilidade no trabalho deles”, completou.

 

Ainda de acordo com a Fundação do Meio Ambiente do Pantanal, foram coletadas mais de duas toneladas (2.110 quilos), movimentando cerca de R$ 4.000,00 durante o carnaval em Corumbá. O quilo da latinha é vendido ao preço de R$ 1,80, o que rendeu a cada catador, uma média R$ 300,00. “Isso, para muito deles, equivale a um mês de trabalho”, concluiu Luciene.