Apostando na magia, Major Gama faz desfile para encantar a avenida

Com o poder da magia, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Major Gama buscou encantar o público e os jurados espalhados pela passarela do samba.

 

Desfilando já na madrugada desta segunda-feira, 03 de março, a agremiação falou do sobrenatural, da superstição ao refrão do samba-enredo que dizia: “tem feitiço esse seu olhar”.

 

O povo fenício que usava a orientação das estrelas para a navegação foi escolhido para a representação da comissão de frente. Composta exclusivamente por integrantes do sexo masculino, a comissão anunciou todo um “leque” de elementos misteriosos e ocultos que fascinam e desafiam o homem a compreendê-los.

 

Seres encantados, entre eles, as fadas não ficaram de fora. As baianas, com fantasias em tons de rosa e prata, representaram esses seres tão comuns em contos infantis. Também vieram para a apresentação magos e bruxas com seus rituais.

 

A civilização grega e o povo cigano estiveram no desfile da Major Gama, mostrando crenças e misticismos que permanecem até hoje, no imaginário coletivo como o futuro adivinhado em jogos de cartas.

 

O amor que gera e dá sentido à vida foi colocado pelo carnavalesco Sandro Assef como o grande mistério, a magia primordial, que move o mundo.

 

A bateria comandada pelo mestre Gercinho AKS imprimiu um ritmo forte aos foliões. Os ritmistas, que executaram o recuo, representaram o que aquela expressão diz ao falar que a bateria é o coração da escola: “a magia que bombeia o licor da vida”.

 

O desfile terminou com o maior dos mistérios: o poder criador de Deus. O carro alegórico que encerrou a apresentação abusou da cor branca para falar da força criadora.