Comunidade do Taquaral vai ganhar uma ‘nova’ escola com salas climatizadas

Fim de uma espera de oito anos. A Escola Municipal Rural Monte Azul, no Assentamento Taquaral, começa ser reformada e ampliada pela Prefeitura de Corumbá. Na tarde dessa quarta-feira, 12, o prefeito Paulo Duarte assinou a ordem de serviço autorizando o início da obra que deverá estar concluída no decorrer do segundo semestre. Além de uma nova estrutura, os alunos poderão estudar em salas de aula totalmente climatizadas.

 

“Foi um compromisso assumido com a comunidade de pequenos agricultores do Taquaral, que estamos cumprindo. A reforma e ampliação da escola já começaram e vou estar sempre aqui, acompanhando os serviços de perto. Dentro de seis a sete meses quero voltar aqui para inaugurar as novas instalações e com as salas de aula totalmente climatizadas”, anunciou Paulo.

 

O prefeito informou que a obra está sendo executada com recursos próprios e que, com esta intervenção, além da melhoria de toda a estrutura local, os blocos serão interligados por passarelas cobertas. Além disso, serão construídos dois depósitos, uma despensa, um refeitório, além de banheiros, inclusive para pessoas com necessidades especiais.

 

“A educação é uma das minhas prioridades. Fiz um compromisso com todos aqui de reformar esta escola e estamos iniciando já, hoje mesmo”, disse apontando um caminhão descarregando material e os operários já trabalhando no primeiro bloco. “É uma obra de grande porte e de grande importância para a comunidade do Taquaral”, completou.

 

Para Duarte, o início da reforma e a ampliação representam um “momento importante para fortalecer ainda mais a educação”. Vai propiciar melhores condições de aprendizado para as crianças. “Estamos com os serviços já em andamento e não é somente isto. Nossas equipes estão trabalhando na manutenção das estradas vicinais e aqui, ao lado, estamos reformando a unidade de saúde do Taquaral”, comentou, lembrando que é preciso que se tenham uma relação de respeito com o produtor rural e que isto ele tem procurado fazer sempre.

 

A secretária Roseane Limoeiro, de Educação, informou que os quatro blocos serão totalmente reformados. “O serviço vai ser por bloco para não prejudicar o ano letivo. Quando um estiver pronto, os alunos passam a estudar ali e assim por diante”, explicou. “Ao mesmo tempo, vamos trabalhar na construção do refeitório, banheiros e outras dependências necessárias”, disse.

 

A Escola Monte Azul conta com 14 salas de aula. Hoje, apenas 10 estão funcionando. Quatro estão no bloco interditado, o primeiro a ser reformado. Para o diretor do estabelecimento, José de Souza Silva, a conquista representa muito para todos no Taquaral. “Era um antigo sonho de todos aqui e, a reforma e ampliação, vai refletir diretamente no aprendizado das crianças. Vai elevar a autoestima deles, bem com o dos professores e de todos que trabalham aqui”, afirmou.

 

Desde cedo, alunos da escola observaram homens montando acampamento, já se preparando para a reforma e ampliação da escola. A obra era a principal reivindicação de todos. João Carlos Pereira, 12 anos, aluno da 8ª série, foi taxativo ao ser indagado sobre o que ele mais gostaria para estudar mais tranquilo: “a reforma da escola”.

 

Foi acompanhando pelos seus amigos Maurício Rodrigues Lobo, 13 anos, também da 8ª série; Leonardo Oliveira, 09 anos, da 5ª, e Caio Gomes da Silva, 08 anos, da 3ª série. “Reformar a escola fica melhor pra gente estudar”, disse Maurício.

 

O ato aconteceu na quadra poliesportiva da escola e foi bastante concorrida. Além do prefeito e da secretária Roseane Limoeiro, estiveram presentes o vereador Carlos Alberto Machado; a diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, Maria Clara Scardini; secretária de Assistência Social, Andréa Ulle; secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda; diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente, Luciene Deová; José Anibal Comastri Filho, da Embrapa Pantanal; superintendente da Administração da Hidrovia do Paraguai ( Ahipar), Marcos de Souza Martins; presidente do Sindicato Rural de Corumbá, Luciano Leite, entre outras.