BOM apoia pessoas com deficiência para entrar no mercado de trabalho

O Banco de Oportunidades Municipal (BOM-Pantanal) está sendo uma ferramenta importante de auxílio à inserção de pessoas com necessidades especiais ao mercado de trabalho local. Além de cadastrar os trabalhadores formados pelo Centro de Qualificação Profissional para o Trabalho Dom Bosco e também pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o serviço criado no ano passado pelo prefeito Paulo Duarte, abriu espaço para atender esta camada da sociedade e o resultado tem sido altamente satisfatório.

 

“O Banco de Oportunidades iniciou 2014, cadastrando um grande número de pessoas e encaminhando os trabalhadores para o mercado local e também de outras cidades. Está sendo o elo de entre o empregado e o empregador. Estamos intensificando os trabalhos com foco inclusive às pessoas com necessidades especiais que podem e deve,m se cadastrar no BOM-Pantanal”, disse de gerente de Trabalho e Qualificação Profissional da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, Dílson Antônio Morais da Fonseca.

 

Morais observa que as empresas estão cada vez mais conscientes, abrindo espaços no mercado de trabalho para esse seguimento da sociedade. Por isto mesmo o gerente reforça a importância destas pessoas se cadastrarem no BOM, por meio do site da Prefeitura Municipal de Corumbá, www.corumba.ms.gov.br, no link do Banco de Oportunidade. Após isto, é preciso encaminhar o currículo para o endereço eletrônico gtqp@corumba.ms.gov.br.

 

O BOM-Pantanal é ligado à Gerência de Trabalho e Qualificação Profissional da Casa da Cidadania. Já encaminhou um grande número de profissionais ao mercado de trabalho nas mais diferentes áreas de atuação. São recepcionistas, garçons, salgadeiras, ajudante de cozinha, auxiliar de serviços diversos, soldador, chapeiro, moto-boy, chefe de padaria, auxiliar de padaria, caixa de mercado, açougueiro, auxiliar de açougueiro, promotor de vendas, instrutor de informática, manicura e pedicura, motorista categoria D, cabeleireiro, pintor e secretária do lar.

 

“Tudo isso somente foi possível após a capacitação e o efetivo cadastro no Banco de Oportunidades Municipal”, explica o subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Correa. “A tendência é aumentar o encaminhamento para o mercado de trabalho, pois as empresas estão investindo cada vez mais no município e, consequentemente, empregando mais pessoas. Por isso é importante qualificar cada vez mais o trabalhador”, completou.

 

Os cursos são gratuitos e aplicados no Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco. Somente n este início de ano a instituição abriu 200 vagas para cursos nas áreas de cabeleireiro, solda e montagem, manicura e pedicura, informática básica, libras básico e assistente administrativo.

 

A instituição é mantida pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em parceria com a Missão Salesiana. A previsão é abrir novos cursos em 2014 como o de pizzaiolo, por meio do Pronatec, bem como de grafitagem.