Prefeitura realiza capacitação na primeira edição do Negócio Legal 2014

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, realizou na tarde dessa terça-feira, 21, a primeira edição do Negócio Legal 2014. Com o objetivo de fomentar, instigar e informar o empreendedor individual para tornar-se microempreendedor individual (MEI), abrindo seu próprio negócio ou formalizando a atividade informal na qual já atuava, a atividade capacitou 23 empresários da cidade.

 

Desenvolvida em parceria com o Sebrae/MS e a Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, a capacitação busca oferecer nas áreas de planejamento financeiro, acesso ao crédito, técnicas de vendas, qualidade no atendimento ao cliente, segurança do trabalho, benefícios sociais, preenchimento dos formulários mensais, entre outras.

 

O agente de Desenvolvimento Local, Vitor Guimarães Costa Saldivarde,  explica que o mini curso abordou as facilidades disponíveis ao MEI por meio do Portal do Empreendedor (portaldoempreendedor.gov.br). “Informamos sobre toda a gama de ferramentas disponíveis no site com a formalização online, os direitos e deveres do MEI, a declaração anual do Simples Nacional, emissão do carnê de pagamento mensal, certificado e o roteiro para a baixa empresa”, detalhou.

 

Ainda segundo ele, o programa vai facilitar o dia a dia dos micros empreendedores. “Ensinamos passo a passo para que eles possam ter mais agilidade e conforto para realizar suas consultas e cumprir com seus deveres, bem como economizar tempo”, destacou  Vitor Guimarães

 

“Com a realização do mini curso, esperamos contribuir para que o empreendedor possa ter maior facilidade nos serviços básicos, que podem ser feitos pelos próprios MEIs, e focar na instrução das questões mais complexas da administração do negócio, como planejamento financeiro, análise de mercado, aplicação de marketing, etc”, acrescentou o gerente de fomento e produção industrial.

 

A empreendedora Gabriela Antezana gostou da iniciativa, que facilitará ainda mais o trabalho e irá garantir sucesso paro o seu empreendimento. “Aprendi que muitos serviços podem ser feitos da minha própria casa, assim não preciso mais me deslocar até a Sala do Empreendedor. Tudo ficou mais fácil, rápido e eu me sinto mais independente”, observou Gabriela.