Moradores têm prazo de 20 dias para fazer ligação de esgoto na Cyríaco

A Prefeitura de Corumbá está dando um prazo de 20 dias, a partir desta terça-feira, 21, para os moradores da Rua Cyríaco de Toledo providenciarem a ligação de esgoto de suas residências à rede coletora já implantada na região, evitando a continuidade do despejo de água servida na via pública. A medida se faz necessária para que seja executada a obra de recapeamento asfáltico no trecho entre as ruas Paraná, na Popular Nova, e J. B. A. Couto, no Guanã II.

 

A implantação do novo pavimento asfáltico na Cyríaco foi uma decisão do prefeito Paulo Duarte, que incluiu o trecho na primeira etapa do programa de recapeamento das principais vias urbanas da cidade com recursos próprios.

 

“Tomamos esta decisão para atender uma região com grande densidade populacional e pelo fato de a rua Cyríaco de Toledo ser uma das principais vias da Parte Alta – com tráfego intenso de veículos – por ser linha de ônibus e pelas atuais condições do pavimento”, comentou o prefeito na época em que anunciou a inclusão da via na primeira etapa.

 

Mas, como já foi dito, para que o serviço seja executado é necessário a ligação domiciliar de esgoto à rede coletora já implantada pela Sanesul em todo o trecho. Segundo o prefeito é fundamental corrigir esse sério problema ao longo da Cyríaco, que é o despejo de água servida diretamente na via pública.

 

“Isto causa sérios danos no pavimento asfáltico pelo fato da água servida conter produtos químicos. De nada adianta a Prefeitura investir recursos oriundos dos impostos que a própria população paga, recapeando uma rua importante e, em seguida, ser danificada em virtude do despejo de água servida”, reforçou o prefeito.

 

Diante disso, uma equipe da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, por meio da Superintendência de Serviços Urbano e Fiscalização de Postura, está desenvolvendo uma intensa campanha informativa ao longo da Cyríaco, da Rua Paraná até a J. B. A. Couto, orientando os moradores para providenciar a ligação domiciliar de esgoto à rede coletora.

 

Está sendo dado um prazo de 20 dias para que este serviço seja realizado. A equipe alerta que, despejar água servida e lançar detritos de qualquer natureza nos logradouros públicos, são proibidos por lei (artigo 8º da Lei Complementar 004 de 1.991 – Código de Posturas). Quem não cumprir a determinação estará sujeito ao pagamento de multa previsto pelo próprio Código, que pode chegar até R$ 1.224,00.

 

O recapeamento da Cyríaco vai cortar os bairros Popular Nova, Guarani, Nova Corumbá, Kadwéus e os conjuntos Guanã I e II. Faz parte da primeira etapa do programa iniciado no final de 2013 de que já atendeu a Avenida Rio Branco, América, Antônio Maria Coelho, Colombo, Firmo de Matos e Luiz Feitosa.

 

Alguns trechos ainda estão sem o novo pavimento, tendo em vista que serão executados outros tipos de serviço, como na América, entre a Antônio Maria e a Frei Mariano, que será atendida com uma obra da Enersul, empresa responsável pelo sistema de energia da cidade.