Com data confirmada, 2ª edição do Pantanal Extremo terá novas modalidades

A segunda edição do Pantanal Extremo – Jogos de Aventura já tem data marcada. O maior evento multiesportivo de Mato Grosso do Sul vai acontecer entre os dias 13 e 16 de novembro de 2014 e, para este ano, a Prefeitura de Corumbá planeja a inclusão de novas modalidades, além das seis disputadas em 2013.

 

Uma das novidades será as “7 Milhas do Pantanal”, prova de corrida rústica onde os atletas terão que superar, além da distância e do forte calor corumbaense, uma série de obstáculos naturais impostos pelo percurso. A proposta é atrair ainda mais competidores, inclusive internacionais, diversificando o Pantanal Extremo e mostrando as potencialidades turísticas da região.

 

No ano passado cerca de 500 atletas profissionais e amadores participaram das provas de ciclismo, natação, stand up paddle, orientação, canoagem e voo livre. As disputas renderam até uma matéria especial no quadro Fôlego Máximo, do Esporte Espetacular, quando o ex-jogador de vôlei Tande participou de algumas das modalidades.

 

As belezas naturais do Pantanal corumbaense encantaram o medalhista olímpico. “Estou morrendo de medo, juro para vocês. Mas, encarar essa vista vale a pena. Olha que bonito. Só aqui no Brasil, só no Pantanal”, disse o repórter ao sobrevoar de parapente o Morro da Tromba dos Macacos.

 

O nadador Marcus Mattioli, medalha de bronze nas Olimpíadas de Moscou, também ficou encantado com o visual “surreal” da cidade. “A natureza, jacaré, ariranha, piranha… É maravilhoso nadar aqui, participar de um evento muito legal, importante, os organizadores estão de parabéns”, comentou o atleta vencedor da maratona aquática de 5 quilômetros.

 

Na corrida de orientação, o Pantanal Extremo atraiu até os campeões sul-americanos Cléber Barato e Mirian Ferraz Pasturiza, de Santa Maria (RS). Eles vieram à cidade especialmente para participar da prova e se destacaram tanto na etapa noturna, realizada no centro histórico de Corumbá, quanto na mata fechada, no Clube de Subtenentes e Sargentos.

 

Outros destaques da competição foram: Geraldo Nobre, campeão brasileiro de asa delta; Luciano Miranda, um dos mais conhecidos instrutores de voo livre do Brasil, com mais de 40 anos de experiência na área; a bicampeã brasileira de Ciclismo, Luciene Ferreira da Silva e Magno Prado Nazareth, outro destaque do ciclismo nacional; e os integrantes da seleção brasileira de canoagem Roberto Maehler, Ricardo Barreto e Juliano Crai.

 

SUP

 

E o Pantanal Extremo de 2013 ainda recebeu o primeiro Campeonato Brasileiro de Race Maratona de Stand Up Paddle. Foi a primeira prova oficial da modalidade realizada no Centro-Oeste do Brasil. Os vencedores foram Luiz Carlos Guida, o Animal, e Barbara Brazil, a Babi, lideres do ranking nacional.

 

“O evento envolveu uma logística diferenciada e contou com um envolvimento impar da administração publica da cidade de Corumbá, que não mediu esforços para oferecer o que há de melhor em estrutura, segurança, conforto, receptividade e tudo de mais extremo que o Pantanal pode oferecer”, avaliou o presidente da Confederação Brasileira de Stand Up Paddle (CBSUP), Ivan Ivan Floater.

 

“O Pantanal Extremo, que englobou seis modalidades esportivas diferentes, cada qual com suas peculiaridades e demandas, entrou para a história do SUP brasileiro como um modelo a ser seguido e deixou um inevitável gostinho de quero mais para todos os que estiveram presentes”, completou o presidente da CBSUP.