Com a ALL, prefeito trata de projetos para resgatar a ferrovia em Corumbá

Projetos estruturantes para o resgate do sistema ferroviário em Corumbá foi amplamente discutido no encontro do prefeito Paulo Duarte com o diretor de Relações Institucionais da ALL (América Latina Logística), Pedro Roberto Oliveira Almeida, no final da manhã dessa sexta-feira, 31. Entre eles estão a implantação da Orla dos Ipês, cedência do antigo armazém de cargas e do hotel de trânsito ao Município, bem como recuperação da estrutura da estação ferroviária (desativada) que poderá servir inclusive para desenvolvimento de projetos educacionais, culturais e sociais.

 

O resultado do encontro foi definido por Duarte como “altamente positivo” e marcou “uma parceria com a empresa, uma relação de respeito mutuo”. No início da reunião o prefeito fez um relato da situação vivenciada por ele nos últimos anos, principalmente a partir da sua campanha eleitoral em 2012, quando visualizou o projeto da Orla dos Ipês “que irá transformar a cidade”.

 

“A ferrovia divide a parte baixa da parte alta da cidade. Mas é um local totalmente degradado e é preciso haver uma transformação. O projeto da Orla dos Ipês vai permitir isto, vai mudar o aspecto de abandono, vai mudar a cara da cidade, dar vida à região”, explicou.

 

Prédios

 

Outro tema tratado foi a possibilidade da cedência do antigo armazém de carga e também do hotel de trânsito, prédios que não estão sendo utilizados pela ALL e que servem até de abrigos para desocupados. “Já tivemos com o senador Delcídio do Amaral na sede do DENIT, em Brasília, e a informação que nos passaram é que teria que ter anuência da ALL”, adiantou.

 

Este assunto já havia sido tratado por Paulo Duarte no encontro de quinta-feira com o gerente geral da Malha Oeste e Paulista da ALL, engenheiro Regis Augusto Marti Peixe, e com o assessor da Diretoria de Relações Institucionais, advogado Emanoel Tavares Costa Junior que entrou em entendimentos com o DNIT e viabilizou uma agenda para 10 de fevereiro, quando o assunto será tratado em Brasília.

 

De imediato, o diretor de Relações Institucionais, Pedro Roberto Almeida, sinalizou de forma positiva, a liberação do armazém de cargas e do hotel de trânsito, afirmando que o prefeito pode até iniciar movimentação em torno do projeto que pretende desenvolver nos dois locais. “Se não estão sendo utilizados, vamos disponibilizar para a Prefeitura e evitar que fique degradado”, ressaltou.

 

O diretor foi mais além ainda, colocando a empresa à disposição da Prefeitura, visando estabelecimento de parcerias. “Se tiver projeto que a gente possa ajudar, estamos juntos”, comentou, lembrando que a ALL já desenvolve ações sociais, culturais e educacionais em cidades onde opera. Colocou inclusive um profissional da área de arquitetura à disposição, para auxiliar na execução de projetos nos prédios e até mesmo na restauração de antigas estações que hoje estão abandonadas.

 

Sobre a Orla dos Ipês, Pedro Almeida prometeu ao prefeito trabalhar para viabilizar o espaço entre os bairros Aeroporto e Maria Leite, o mais rápido possível. “É um projeto que vai nos ajudar a preservar a faixa de domínio. Estamos juntos e vamos juntos à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), para viabilizar a liberação da área”.

 

O prefeito destacou o início de um relacionamento de parceria com a ALL e disse que a sua preocupação sempre foi viabilizar projetos importantes para a ferrovia sair do estado em que se encontrava. “Estamos inaugurando um novo tempo”, celebrou, já visualizando para este ano ainda, o início das obras da Orla dos Ipês junto com a ALL e outros parceiros.

 

Pedro Almeida também considerou o encontro positivo. Revelou que a proposta da empresa é “resgatar uma dívida que temos com a comunidade de Corumbá”, trazendo inclusive experiências positivas de outras cidades onde a ALL desenvolveu projetos, para a região pantaneira.

 

O prefeito lembrou que os assuntos tratados no encontro serão constados em ata para que todos possam tomar conhecimento dos serviços e projetos que serão desenvolvidos na antiga rede ferroviária.

 

A reunião contou com a participação da diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, Maria Clara Scardini; do superintendente de Serviços Públicos, Willian Zimi, e da gerente tributária da ALL, Jodicler Fistarol.