Prefeitura desenvolve ações emergenciais para minimizar estragos da chuva

A Prefeitura de Corumbá está com equipes de plantão executando ações emergenciais para minimizar os estragos causados pelas chuvas. Os trabalhos foram iniciados já na noite de sábado, prosseguiram no domingo e nesta segunda-feira, 30. Somente no sábado para domingo, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 90,4 milímetros em pouco mais de três horas de chuva intensa.

 

“Estamos com nossas equipes trabalhando intensamente, buscando solucionar os problemas ocorridos a partir da chuva de sábado. Além do pessoal da Infraestrutura, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estão integrados às ações desencadeadas na noite mesmo de sábado”, disse o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Luiz Mário Romão.

 

Em um levantamento preliminar, o secretário observou que, apesar do grande volume d’água, mais de 90 milímetros, os problemas foram bem menores que em anos anteriores. “Estamos fazendo um monitoramento desde sábado à noite e buscando resolver os problemas emergenciais para evitar maiores transtornos à população”, explicou.

 

Na manhã desta segunda-feira, 30, o secretário entregou um levantamento dos problemas ocorridos a partir de sábado à noite, 28, à vice-prefeita Márcia Rolon, que está respondendo pelo cargo durante viagem do prefeito Paulo Duarte. “A chuva foi intensa e causou estragos em alguns componentes de galerias como caixas de passagens e bueiros de águas pluviais. Isto exigiu atenção especial por parte de uma equipe emergencial da Prefeitura, que se manteve vigilante e atenta”, explicou Luiz Mário.

 

“A grande vazão de água devido à alta pluviometria registrada e o acúmulo de resíduos sólidos (lixo) próximos aos bueiros, geraram situações de alagamentos em diversos pontos da cidade. Isto exigiu uma ação imediata de limpeza, para eliminar estes alagamentos”, explicou.

 

Além do problema lixo, o secretário citou outras situações encontradas como insuficiência de vazão de antigas galerias de águas pluviais, havendo necessidade de se realizar uma ação para problemas como os ocorridos no sábado e domingo.

 

“Estamos desenvolvendo ações imediatas para solucionar problemas emergenciais, além de programar um trabalho a curto prazo, para evitar que isto volte a ocorrer. Ao mesmo tempo, estamos com ações preventivas, como limpeza de bueiros, das galerias a céu aberto, além da intensificação da coleta de lixo e de galhos, para evitar novos alagamentos”, comentou o secretário, salientando que uma equipe está fazendo monitoramento constante das áreas de risco.

 

Jogar lixo dá multa

 

Na reunião com o secretário, Márcia Rolon fez um pedido à população corumbaense, para evitar jogar lixo de forma inadequada pelas ruas da cidade. Lembrou a grande quantidade de entulho que foi retirado das galerias, e que é preciso haver maior consciência, depositando o lixo de forma correta, para que seja coletado pela equipe responsável pelo serviço.

 

A reunião contou também com  a presença da diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Luciene Deová, que reforçou a necessidade de maior conscientização por parte da comunidade, para evitar problemas como os que ocorreram no sábado para domingo.

 

Ela lembra que, em Corumbá, quem for flagrado jogando lixo pelas ruas, fora dos locais destinados para este fim, vai ser penalizado com multa. A lei, de autoria do vereador Yussef Salla, foi sancionada pelo prefeito e entra em vigor já em janeiro. “Além disso, temos também uma lei ambiental que prevê multa maior ainda para quem praticar este tipo de ato, que é um crime ambiental”, reforçou.

 

Taquaral

 

A Prefeitura está também trabalhando na área rural. No Assentamento Taquaral, a forte chuva causou estragos em uma estrada vicinal. Uma equipe se deslocou para o local na manhã desta segunda-feira para analisar a situação e iniciar a recuperação imediata do trecho.