Prefeito entrega caminhão baú refrigerado para atender usina de leite

A Prefeitura de Corumbá está cumprindo mais uma etapa importante para colocar em atividade, a Usina de Leite localizada no Assentamento Urucum. Nessa sexta-feira, 07, pela manhã, o prefeito Paulo Duarte fez a entrega de um caminhão baú refrigerado, que será responsável pelo atendimento aos pequenos produtores rurais. O ato foi no próprio pátio do Paço Municipal e as chaves foram repassadas ao secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda.

 

“Esse caminhão é um passo muito importante. Posso dizer que é o penúltimo para a inauguração da usina de leite, que deve ser feita no primeiro trimestre do próximo ano”, disse Paulo Duarte. “Com esse ato, fechamos o ano com um saldo positivo com os produtores”, comentou, para em seguida lembrar as ações executadas nos últimos meses em atendimento às famílias residentes nos assentamentos de Corumbá.

 

“Entregamos 117 km de estradas recuperadas, estradas como nunca tivemos antes. Além disso, estamos capacitando os nossos produtores e devemos receber novas máquinas para que possamos concluir perfuração de poços artesianos e resolvamos o problema de falta de água nos assentamentos”, lembrou o chefe do Executivo.

 

Segundo o secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda, o caminhão baú vai ser responsável pela coleta de leite direto das unidades resfriadoras que a Prefeitura implantou nos assentamentos. “Como a legislação não permite mais que o transporte do leite seja feito na carroceria dos carros, como era feito antes, esse caminhão baú veio ao encontro das nossas necessidades para atender os produtores com o transporte adequado do leite. Chegou em boa hora, uma vez que, no início de 2014, vamos colocar a usina de leite em funcionamento”, explico Pedro Lacerda.

 

Ainda segundo o secretário, novas medidas de reestruturação e capacitação o pessoal estão sendo feitas para que, dessa vez, “a usina de leite não sofra qualquer tipo de paralisação”, comentou. “Por isso mesmo resolvemos capacitar o pessoal da usina, além de estarmos incentivando os produtores a melhorar o rebanho para que tenhamos uma maior produção de leite”.

 

E na busca dessa melhoria passa também investimentos em uma área importante: alimento para o gado. “Estamos desenvolvendo um programa de silagem com utilização do sorgo e do milho, por exemplo, para que tenhamos uma boa alimentação para o gado”, explicou, lembrando que o programa terá apoio, em breve, de mais uma máquina colhedeira.

 

Com o caminhão baú garantido, Lacerda já projeta uma produção de oito mil litros de leite ao dia, a partir do pleno funcionamento da usina. “É por isso que estamos suprindo todas as necessidades para que a cadeia produtiva de leite funcione perfeitamente”, finalizou Lacerda.