Prefeito diz que diversificação do turismo traz bons resultados para Corumbá

Investimentos em infraestrutura, mobilidade e diversificação foram apontados pelo prefeito Paulo Duarte como ferramentas importantes para Corumbá ter sido apontada pelo Ministério do Turismo como o principal polo turístico da região Centro-Oeste, e a cidade entre as não capitais que mais evoluiu, conforme o Índice de Competitividade do Turismo no Brasil.

 

O resultado da 5ª Edição do Índice de Competitividade do Turismo Nacional desenvolvido pelo Ministério do Turismo em conjunto com o Sebrae e Fundação Getúlio Vargas, foi divulgado ontem em Brasília e reforçou o pensamento do prefeito corumbaense de que o desenvolvimento da Cidade Branca passa turismo, uma das prioridades da sua administração.

 

“Tudo tem sido feito para que Corumbá seja de fato um dos maiores destinos turísticos do Brasil. Isto é uma prioridade dentro da minha administração e por isto estamos investindo em infraestrutura, mobilidade e também na diversificação, como aconteceu recentemente com  os Jogos Extremos, uma competição voltada aos esportes radicais, que reuniu aqui, cerca de 600 atletas de todo o Brasil”, comentou o prefeito, satisfeito com o fato do Município ser uma das 18 cidades premiadas pelo Ministério do Turismo.

 

O prefeito observou que o foco da sua administração, entre outras prioridades, está no turismo, apontado por ele como uma das principais fontes de geração de renda e emprego, melhorando a qualidade de vida da população. “Corumbá é um grande diamante que precisa ser lapidado. É isto que estamos procurando fazer e os primeiros resultados estão surgindo”, celebrou.

 

Ao assumir a administração municipal, Paulo se preocupou em diversificar o turismo na região. Para ele, a maior cidade pantaneira não poderia ficar na dependência apenas do turismo da pesca. Era preciso diversificar. Foi o que aconteceu recentemente com o Pantanal Extremo, com a Feira Agropecuária do Pantanal (Feapan) e EcoPantanal, realizados com apoio da Prefeitura, bem como com eventos culturais, como o Moinho In Concert (que também teve apoio da Prefeitura), e as apresentações da Oficina de Dança e da Banda Municipal de Música Manoel Florêncio.

 

“Nossa preocupação era manter o turismo em alta mesmo com o início da piracema que, nos anos anteriores, causava uma redução sensível na movimentação turística na cidade. Conseguimos reverter este quadro com o Pantanal Extremo e com outros eventos importantes que movimentaram a cidade”, explicou.

 

O prefeito observa, no entanto, que os investimentos continuam. Para bem receber o turista, por exemplo, a Prefeitura faz uma reforma na rodoviária e já está com tudo encaminhado para transformar a entrada da cidade, com um novo portal. Além disso, está aplicando recursos próprios em obras de recapeamento de vias urbanas, para melhorar as condições de trafegabilidade.

 

“Estamos realizando obras importantes para atender a população corumbaense e também o turista que nos visita”, explicou, para lembrar outros investimentos importantes como na recuperação do patrimônio histórico da cidade com apoio do Governo Federal, por parte do PAC das Cidades Históricas, e também com recursos próprios, além da diversificação turística com investimentos em outras vertentes (contemplação, cultural, ecológico), para a cidade não ficar refém do turismo da pesca.