Em Corumbá, solenidade lembra os 66 anos da divisão da Palestina

Os 66 anos da divisão da Palestina foram lembrados em Corumbá no último sábado, 30, na sede da Associação Comercial e Empresarial (Acic). Um ato organizado pela Associação Árabe Palestina Brasileira reuniu autoridades políticas e sindicais do Mato Grosso do Sul e apresentou um panorama da atual situação do oriente médio.

 

“É uma data para reflexão, onde os palestinos e seus descendentes que vivem na cidade puderam expor o amor que sentem pela sua pátria”, observou o prefeito Paulo Duarte, lembrando da importante contribuição do povo árabe no desenvolvimento social, cultural e econômico da região pantaneira.

 

“Vivemos todos aqui, corumbaenses, ladarenses, bolivianos, portugueses e árabes de forma muita pacífica e respeitosa. Vivemos uma integração de verdade, que se faz com atitudes, não com retórica ou com discurso”, afirmou o chefe do Executivo municipal, que ainda descreveu as várias ações desenvolvidas pela Prefeitura para a inclusão dos povos irmãos.

 

“Corumbá deve muito a vocês. Por isso sou solidário a tudo que foi dito e mostrado aqui. Essa história precisa ser contada da forma franca e sincera como ocorreu nesse ato. Acreditamos num futuro melhor para o mundo, para o Brasil e para todo o povo árabe palestino”, complementou o prefeito de Corumbá.

 

Descendente de libaneses, o prefeito de Ladário, José Antonio Assad e Faria, também destacou a presença dos árabes e seus descentes na região. O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul), Roberto Magno Botareli Cesar, e o presidente estadual da Cut (Central Única dos Trabalhadores), Genilson Duarte,  estiveram no ato.