Em Corumbá, oito professores conquistam o “Prêmio por Excelência”

Marcados pela diferença na educação de Corumbá, oito professores da Rede Municipal de Ensino conquistaram o tão sonhado “Prêmio por Excelência”. O resultado foi divulgado na noite de ontem, 02. Dividido em quatro categorias, a competição provou que com dedicação e boas ideias, é possível apresentar todas as transformações que a escola pública é capaz de realizar durante o ano letivo.

 

“Finalizando este ano, posso dizer que até aqui, nos ajudou o Senhor. Chegamos com muito sucesso e determinação nessa fase final. Mesmo com muitos desafios, foi um ano de muitas conquistas”, destacou a secretária de Educação, Roseane Limoeiro. “Quero parabenizar cada educador que mostrou que o professor verdadeiro é aquele que tem a determinação de querer fazer o melhor”, continuou a responsável pela pasta.

 

Representando o prefeito Paulo Duarte, Roseane reafirmou o seu compromisso com a categoria. “Enquanto gestora, quero deixar um legado de amor, carinho e respeito por vocês que se dedicam a fazer um ótimo trabalho de ensino e aprendizagem para os nossos alunos”, enfatizou. “Já é possível ver a diferença na sala de aula, com muitos professores alfabetizadores trabalhando incansavelmente para melhorar a base da nossa educação”, observou.

 

Durante a cerimônia de premiação, os professores do Município celebraram com festa a nona edição do Prêmio Professor por Excelência. Antes de anunciar os oito vencedores, os presentes puderam conferir uma apresentação musical com as professoras da Escola Municipal Barão do Rio Branco. Divertidas, as “baronetes”, nome dado ao grupo, cantaram e dançaram, provando que ensinar é um ato de alegria. E esse ofício elas dominam muito bem.

 

A festa ainda contou com a participação da ganhadora do Festival Estudantil da Canção (FECC), Maria Vitória Siqueira Mansur, que cantou em homenagem aos 1.300 professores da Rede Municipal. 

 

Vencedores:

 

Na Educação Infantil, o primeiro lugar foi para Rosa Alessandra Rodrigues Correa, que conduziu o projeto “Peixes do Pantanal”, aplicado no Centro Educacional Estrelinha Verde. Em segundo lugar, ficou a professora Letícia Marques de Souza, com o projeto “Sem higiene não há saúde”, realizado aplicado na escola Municipal Delcídio do Amaral.

 

Para o Ensino Fundamental, na categoria de 1ª a 5ª série, o prêmio de primeiro lugar ficou com a professora Fernanda Mavigner Cárcari, que desenvolveu o projeto “Leitura, prazer, lazer e aprender”, na Escola Municipal Pedro de Medeiros. Já o segundo lugar, quem conquistou foi a professora Mariana Vaca Conde, com o projeto “Más Allá de lá fronteira: intercâmbio e correspondências Brasil e Bolívia, da Escola Municipal Eutrópia.

 

No Ensino Fundamental, de 6ª a 9ª séries, o primeiro lugar ficou com o professor Thiago da Silva Godoy, que desenvolveu o projeto “Tilma para o Bem”, na escola Municipal Tilma Fernandes. O segundo lugar ficou para Ana Maria de Arruda Braga, que desenvolveu o projeto “Compartilhando as ondas do rádio”, na escola Municipal Ângela Maria Perez.

 

Na Educação de Jovens e Adultos o primeiro lugar ficou com Lucicleide Rodrigues, que desenvolveu o projeto “Aprender com a inclusão”, com os alunos da escola Municipal Pedro Paulo de Medeiros. O segundo lugar ficou com Jéferson Rodrigues Cortez, que preparou com os alunos da escola Municipal Isabel Correa o projeto “Saúde na Eja: conhecendo, prevenindo e controlando”.

 

Os professores receberam os prêmios das mãos da secretária de Assistência Social e Cidadania, Andréa Ulle; do subsecretário de Assistência Social, Nilo Correa, Christiane Gioppo, da Universidade Federal do Paraná, e demais membros da secretaria de Educação do Município. Quem também prestigiou a nona edição do Prêmio Professor Por Excelência foi a vereadora Cristina Lanza.

 

 

A nona edição do Prêmio Professor por Excelência, reuniu 56 projetos que concorreram nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental (1ª a 5ª séries), Ensino Fundamental (6ª a 9ª séries e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O trabalho foi um incentivo para os professores realizarem projetos diferenciados na escola durante o ano de 2013.

 

Exposição

 

A noite ainda contou com uma exposição fotográfica preparada pela Secretaria de Educação, que trabalhou o tema “Segurança”. As 90 fotos expostas foram feitas por professores e alunos da Educação Infantil e Educação Fundamental da Escola Municipal Almirante Tamandaré e a Escola Rural Carlos Cárcaro.

 

Todo trabalho foi resultado da “Fotografia e Meio Ambiente”, ministrada pela professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Christiane Gioppo, e que propôs o uso da fotografia em sala de aula com caráter educativo.

 

A atividade fez parte do Programa de Educação Ambiental (PEA) do projeto “BR-262 – Faço parte deste caminho” realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em parceria com a UFPR e desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI).