Com praça decorada e lotada, Corumbá abre festa com Cantata de Natal

Uma noite iluminada com muito amor, carinho e alegria contagiante. Assim foi a abertura da Cantata de Natal nesse domingo, 15, na Praça da Independência, que marcou o início das celebrações do nascimento de Jesus Cristo na maior cidade pantaneira. A programação da festa organizada pela Prefeitura Municipal em parceria com a Associação Comercial e Empresarial de Corumbá (ACIC), superou as expectativas e lotou um dos principais equipamentos históricos da cidade, que ficou mais belo ainda com a presença da família corumbaense que se encantou com a bela decoração do espaço.

 

A Cantata foi aberta com o Coral e Orquestra de Santiago de Chiquitos, da Bolívia, fundada em 2003 como forma de incentivar jovens e crianças a se dedicarem à música. Foram oito apresentações com três canções folclóricas e cinco natalinas, uma delas reprisada no final a pedido do público.

 

Cumprindo agenda em Campo Grande, o prefeito Paulo Duarte foi representado pela diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, primeira dama Maria Clara Scardini. Satisfeita com o sucesso da primeira noite da Cantata, ela lembrou que a programação, quando estava em fase de elaboração, foi pensada na “família, nas crianças de Corumbá”.

 

E o que se viu durante o evento, conforme Maria Clara, mostrou que o prefeito Paulo Duarte estava certo em preparar uma festa de Natal para as crianças. “Iniciamos as comemorações de uma data especial que é o nascimento de Jesus e a palavra chave é o amor. E é com amor, com carinho, que preparamos este Natal para a família corumbaense, especialmente para as crianças. Quando apresentamos o projeto ao prefeito Paulo que aprovou. Era isso que ele desejava, um Natal para as crianças, para a família”, afirmou Maria Clara.

 

Após assistir ao espetáculo do Coral e Orquestra de Santiago de Chiquitos, Maria Clara visitou os vários espaços que foram criteriosamente decorados para o período. O Coreto, a Casa de Papai Noel e o próprio Papai Noel gigante, foram os mais procurados não só pelas crianças, mas também por adultos, que formavam filas para ver e guardar de recordação, por meio de fotografias.

 

A movimentação agradou a primeira dama que reforçou o convite à população corumbaense e também aos turistas, para a festa. A Cantata de Natal vai até o dia 22 de dezembro, ao som de belas músicas. Para hoje, 16, por exemplo, a atração será o Coral Cidade Branca com os intérpretes de Natal, Maria Vitória Siqueira Mansur e Mateus Henrique e Oliveira acompanhado pelo pianista Virgílio Aleixo.

 

A orquestra do campo da Escola Municipal Rural Monte Azul regida por Sérgio da Silva Pereira, se apresenta na terça-feira, 17, juntamente com a Banda Municipal de Música Manoel Florêncio.

 

Na quarta-feira, 18, é a vez do Coral da Igreja Presbiteriana e do Ministério IPB (Igreja Presbiteriana do Brasil). Na quinta-feira, 19, a apresentação fica por conta do coral da Assembleia de Deus.

 

O Instituto Moinho Cultural Sul-Americano apresenta o seu coral no dia 20, sexta-feira. A Primeira Igreja Batista trará o seu coral infanto-juvenil no dia 21 de dezembro, sábado.

 

O enceramento, dia 22, fica por com do Coral Cidade Branca e da Banda Municipal Manoel Florêncio, além da cavalgada com a presença do Papai Noel que simbolizará o Natal Pantaneiro.