Associação Castro é campeã da Liga de Esportes de Corumbá em 2013

A Associação Atlética Castro é a campeã do Campeonato Amador da Liga de Esportes de Corumbá (LEC). A equipe do bairro Dom Bosco faturou o principal título do futebol corumbaense nesse domingo, 22, ao empatar com o Enira por 1 a 1. No primeiro jogo da final, a A. Castro havia vencido por 4 a 2.

 

O primeiro gol do jogo foi marcado pelo Enira, aos 20 minutos do segundo tempo, com Nego. O empate só veio aos 44, com Juninho, cobrando falta. Esse é o quarto título municipal da Associação Castro. O time ainda teve o melhor o goleiro da competição (Marcus) e o artilheiro da disputa (Neto).

 

O campeão ainda faturou um prêmio de R$ 2 mil. O vice ficou com R$ 1.500. A decisão foi apitada por Herlanderson Martinez. Vagner Amorim e Moacir da Silva Soares foram os auxiliares. Marcio Deluque e João Gilberto Fideas foram os árbitros assistentes. José Menacho e Oscar Rangel Ayala atuaram como delegados da final.

 

“O Campeonato da LEC de 2013 foi marcado pela disciplina das equipes e dos jogadores. A quantidade de expulsões foi muito pequena ao longo de todos os 54 jogos. E a grande maioria dos cartões vermelhos (mais de 80%) saiu só depois da segunda advertência”, afirmou o diretor-presidente da Fundação de Esportes de Corumbá (FUNEC), Elvécio Zequetto.

 

Os avanços na organização também foram destacados pelo dirigente da FUNEC. “A LEC hoje tem um site próprio, completo, onde as equipes encontram todas as informações sobre os jogos, atletas inscritos, tabela, julgamentos e suspensões. A Liga, em parceria com a Prefeitura, implantou um sistema eletrônico que permitiu uma melhora significativa na parte organizacional do campeonato”, avaliou.

 

Copa dos Campeões

 

Na Copa dos Campeões do Futebol Popular, disputado na Esplanada da Nob, o campeão foram Os Boêmios. Na última sexta-feira, o atual campeão do Centro Esportivo do Bairro Dom Bosco venceu o Independente, campeão do Jardim dos Estados, por 6 a 3.

 

O artilheiro da copa foi Jorginho, dos Boêmios, com 5 gols. Gíga, da mesma equipe, faturou o troféu de melhor goleiro da competição. Nos sete jogos, foram marcados 36 gols, uma excelente média de 5 por partida.