Agetrat realizou quase 700 ações de fiscalização escolar em 2013

A Agência Municipal de Trânsito e Transporte de Corumbá (Agetrat) promoveu 696 ações de fiscalização escolar em 2013. O balanço, divulgado nessa quinta-feira, 12, demonstra também que 7.388 veículos foram abordados ou parados para a travessia de estudantes e pedestres durante todo o ano letivo.

 

“Durante todos os meses letivos o setor de Fiscalização se empenhou diariamente para promover a segurança no trânsito nos horários de entrada e saída de alunos das escolas públicas e privadas de nossa cidade, priorizando as escolas com maior fluxo de veículos ou posicionadas em locais de risco”, comentou a diretora-presidente da Agetrat, Silvana Ricco.

 

As mais de 50 instituições de ensino da cidade foram visitadas pelos agentes. Algumas, onde o tráfego de veículos é mais intenso, tiveram uma atenção diferenciada. É o caso, por exemplo, do Centro de Educação Infantil Estrelinha Verde, localizada na rua Porto Carrero. O CEI recebeu 146 ações durante o horário de entrada e saída dos alunos.

 

Na Djalma de Sampaio Brazil, no Aeroporto, foram promovidas outras 104, enquanto no Delcídio do Amaral, na avenida Rio Branco, mais 61. As escolas Santa Inês, Santa Teresa, Cenic, Sesi, Adventista, Barão do Rio Branco, Pedro Paulo e Tenir também receberam mais de 25 ações cada uma. 

 

“Além de auxiliar alunos, pais e funcionários na travessia da rua, os agentes orientaram e fiscalizaram os veículos que trafegavam pela frente das escolas. Como percebe no relatório, os maiores problemas enfrentados pela fiscalização são os condutores que deixam de diminuir a velocidade próxima as escolas e outros que deixam de respeitar o pedestre”, observou o chefe da divisão de trânsito da Agetrat, Jeferson Pinho Braga.

 

Foram 15 condutores notificados por não diminuir a velocidade nos locais adequados. Outros 36 foram multados por estacionar em faixa destinada a pedestres, 30 por deixar de dar preferência ao pedestre na faixa e 28 por transportar criança sem observar as normas de segurança do Código de Trânsito Brasileiro.