Transporte coletivo: funcionários de concessionária pedem apoio da Prefeitura

O prefeito Paulo Duarte recebeu na manhã dessa terça-feira, 26, funcionários da empresa concessionária que opera no transporte coletivo da cidade. A reunião, realizada na Prefeitura, foi um pedido dos próprios trabalhadores, que cobram da empresa o pagamento em dia dos vencimentos mensais, vales e do 13º salário.

 

Os atrasos nos repasses dos direitos trabalhistas fizeram com que a categoria iniciasse nessa manhã uma paralisação parcial do serviço. Apenas 40% da frota está em funcionamento, de acordo com o sindicato da categoria, o que representa somente um ônibus por linha.

 

 “Precisamos, efetivamente, resolver esse problema. Sabemos que vocês trabalhadores não tem culpa nenhuma e sofrem tanto quanto a população com essa situação que se arrasta há décadas”, afirmou Paulo Duarte, agendando uma nova reunião com a categoria para a próxima semana.

 

Á pedido do prefeito, o procurador-geral do Município, Júlio César Pereira da Silva, deve se reunir nesta tarde com o promotor responsável pela 5ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e do Patrimônio Público de Corumbá para discutir o assunto.

 

Durante a agenda em seu gabinete, o chefe do Executivo municipal ainda pediu aos motoristas, cobradores e mecânicos que suspendessem a manifestação para não penalizar ainda mais os usuários do serviço.

 

“Vamos ter um diálogo franco, sincero. Não tenho nada contra a empresa, só quero que as coisas se resolvam e que a população tenha um serviço digno e eficiente”, completou Paulo Duarte.

 

A diretora-presidente da Agência Municipal de Transito e Transporte (Agetrat), Silvana Ricco, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Corumbá e Ladário, Judson Porto Gonçalves, e o advogado da associação, Dirceu Rodrigues Pinto, também participarem da reunião.

 

Segurança

 

Em apoio aos trabalhadores, que relataram muitas dificuldades relacionadas à segurança no transporte dos passageiros, o prefeito ressaltou que tem buscado todos os meios legais para resolver essa questão. Paulo Duarte detalhou todo o procedimento adotado desde o início da gestão para oferecer um transporte público de qualidade para a população e também melhorar as condições de trabalho dos motoristas e cobradores.

 

“Não vamos ficar aguardando essa guerra jurídica. Estamos buscando meios que resolvam definitivamente essa questão”, completou o prefeito de Corumbá.