“Temos possibilidade de realizar grandes voos aqui”, afirma árbitro da ABV

O primeiro dia do Voo Livre no Pantanal Extremo começou com pouco mais de três horas de atraso, inesperado provocado pelas fortes chuvas dos dias anteriores. A equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos precisou recuperar, de forma emergencial, um trecho da estrada que liga o ponto de apoio à pista de decolagem.

 

Mas nem esse imprevisto diminuiu a empolgação dos mais de 40 atletas de todo o País presentes na abertura da modalidade. Pelo contrário. O tempo extra serviu para os competidores se confraternizarem, trocarem experiências sobre a prática esportiva e conhecerem melhor o Morro da Tromba dos Macacos, um dos pontos mais altos do Estado.

 

“Temos a possibilidade de realizar grandes voos aqui”, afirmou Zenilson Ferreira, membro da Associação Brasileira de Voo (ABV) e coordenador técnico da prova. Ele e Sérgio Kawakami, o China, árbitro da ABV, elaboraram o percurso, com pouco mais de 30 quilômetros de extensão e três pontos de passagem obrigatória, chamados de pilões.

 

O gol, ou ponto de chagada, foi o Parque Urbano Zumbi dos Palmares, no bairro Popular Velha. “No sábado o trajeto pode ser diferente, dependendo das condições climáticas, do vento e de outras variáveis”, explicou China, classificando o percurso inicial do voo livre como de dificuldade média.

 

“Vence quem cumprir os pilões e chegar ao gol no menor tempo possível. E isso tudo é detectado pelo GPS”, completou o árbitro. Para muitos atletas, essa foi a primeira competição oficial da carreira. Um ponto positivo, segundo Luciano Miranda, uma das referências do esporte em todo o Brasil.

 

“Os competidores ‘top de linha’ a gente consegue depois que os iniciantes testam o campeonato. E o Pantanal Extremo começou com um número muito bom de inscritos. Em geral, as competições são para até 100 atletas. E aqui, na primeira edição, já teve 60. Com certeza no ano quem esse número será ainda maior”, afirmou.

 

E antes mesmo de acabar os Jogos de Aventura, duas etapas do Campeonato Estadual estão confirmadas para a cidade em 2014. “Além da estrutura, o diferencial de Corumbá é o apoio que a Administração Municipal dá ao esporte”, comentou Vanessa coin, da Federação Estadual da modalidade.

 

A segunda prova do Voo Livre acontece a partir das 8 horas deste sábado. Só a largada e a chegada são as mesmas. Os atletas saem da Tromba dos Macacos e descem no Parque Urbano. A premiação dos ganhadores acontece a noite na Praça Generoso Ponce.