Semana da Consciência Negra mostra que luta pela igualdade precisa avançar

Corumbá iniciou neste domingo, 17 de novembro, a programação da Semana da Consciência Negra com a realização da 3ª edição do Concurso Beleza Negra, no Teatro de Arena do Porto Geral. Até o próximo domingo, dia 24, serão realizadas atividades que contemplam os mais diversos setores da sociedade, ressaltando o papel.e a contribuição da raça negra em nosso município.

 

Apesar da recente implantação no ano de 2012, a Lei 2.282, que institui o Plano Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o município pantaneiro é o que mais implementa políticas públicas de igualdade racial em Mato Grosso do Sul.

 

“Temos que construir uma nação diferente, mais inclusiva, são outras dimensões de luta, de reivindicação de construção”, comenta Rogério César dos Santos, gerente de Políticas para Igualdade Racial ao avaliar que as ações para o setor precisam ser discutidas em esfera mais ampla.

 

“Não vamos ficar presos ao campo da política pública e ao campo da denúncia. O movimento negro tem uma dificuldade crônica, por exemplo, de discutir um tema como economia e de considerar esse debate importante para a questão. O movimento também subestima a discussão da democracia, entendendo-a de maneira muito limitada”, comentou.

 

A semana temática busca atingir uma gama diversa de pessoas com o propósito de levar a discussão racial para além do público afrodescendente. As atividades atingirão a área educacional, cultural, religiosa, esportiva, entre outras.

 

“O objetivo é dar visibilidade às manifestações socioculturais da população negra ampliando a reflexão, o diálogo e a conscientização sobre o processo histórico de formação da sociedade brasileira“, afirmou o subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Correa.

 

Programação

 

Entre 2ª e 6ª feira, 18 e 22 de novembro, as escolas municipais serão alvos de panfletagens e palestras. Nesta 3ª feira, 19, acontece o Cinegritude com a exibição do documentário “Raça” (Um filme sobre a igualdade), no auditório do Sesi, a partir das 19 horas.

 

Na 4ª feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, a partir das 10 horas, será realizado o Encontro de Intérpretes e Compositores de Samba-Enredo, na quadra da Pesada, com a participação dos intérpretes cariocas Pixulé e Dudu Botelho. Mais tarde, às 19 horas, começa a Seresta Itinerante da Negritude, no campinho do bairro Maria Leite.

 

A atividade de 5ª feira, 21 de novembro, é voltada para a discussão da Lei 10.639/03, com o palestrante Eurídio Ben Hur Ferreira. A referida lei torna obrigatória a inclusão da história da África e dos africanos no Brasil. A palestra começa às 19 horas, no auditório do Colégio Objetivo.

 

Na 6ª feira, 22, o dia é dedicado à religiosidade, pois ás 19 horas, será celebrada, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, a Missa Afro. Já no sábado, 23, a atividade esportiva ganha o foco com o Torneio de Futsal “Zumbi dos Palmares”, na quadra da alameda Vulcano, às 8 horas.

 

Para encerrar a programação, ainda no sábado, 23 de novembro, e seguindo até o domingo, 24, acontece o Encontro Municipal de Capoeiristas, a partir das 08 horas, no bailão Pantaneiro, no bairro Maria Leite.