Pantanal Extremo tem intensa agenda cultural com música e dança

O Pantanal Extremo não será somente um evento voltado para esportes radicais. O evento, realizado pela Prefeitura de Corumbá, reserva ainda uma série de atrações culturais, como a décima terceira edição do Concerto de Santa Cecília, a cargo da Banda de Música Municipal Manoel Florêncio, e o espetáculo “Memória” com a Oficina de Dança do Pantanal.

 

Serão três noites de belas apresentações, atrativos não só para o público corumbaense, mas também para turistas e atletas de todo o Brasil que vão participar das provas de canoagem, ciclismo, maratona aquática, corrida de orientação, voo livre e stand up paddle.

 

A agenda cultural está sendo organizada pela Fundação de Cultura de Corumbá. A abertura será na quinta-feira, 21 de novembro, a partir das 20 horas, na Praça Generoso Ponce, com a realização do XIII Concerto de Santa Cecília. A apresentação celebra o Dia do Músico (22 de novembro), em homenagem à santa, uma jovem mártir romana do século IV da era cristã, que se utilizava do dom da música para elevar sua alma ao Criador.

 

O concerto será uma oportunidade para que todos tenham oportunidade de conhecer o trabalho realizado pela Banda Manoel Florêncio que vai apresentar um repertório do popular ao erudito, com uma homenagem inclusive ao centenário de Vinícius de Morais. O evento terá também participação especial do Coral Cidade Branca.

 

Memória

 

Já “Memória”, com integrantes da Oficina de Dança do Pantanal, será apresentado no sábado, 23, e também no domingo, 24, a partir das 20 horas, na estrutura da Praça Generoso Ponce.

 

O espetáculo será dividido em seis peças com participação dos alunos, coreógrafos e professores da Oficina: Sonho, Na Minha Infância, No Barracão, Carnaval Cultural, Ressaca e Memória.