Palestra de Kemp encerra seminário de educação inclusiva em Corumbá

Destacando a importância da transformação da sociedade por meio da educação, a palestra do deputado estadual Pedro Kemp encerrou o VII Seminário de Educação Inclusiva – Direito à Diversidade. Foi na manhã dessa sexta-feira, 08, no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez. Realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Educação, o encontro reuniu representantes de 12 municípios do Estado de Mato Grosso do Sul.

 

Lembrando conceitos da psicologia ao mesmo tempo em que relatava experiências vivenciadas por ele como educador, Pedro Kemp falou sobre as dificuldades de transmissão do conhecimento quando escola e o professor ignoram as diversidades. “A forma como organizamos a escola dificulta a educação inclusiva, que exige uma prática pedagógica, coletiva e flexível”, enfatizou Kemp.

 

Segundo o deputado Estadual, para que a educação inclusiva aconteça é preciso que a escola passe por profundas transformações na sua organização e na proposta pedagógica. “É de extrema importância mudanças significativas na estrutura, no funcionamento das escolas, na formação dos professores e nas relações família escola”, destacou. “Como força transformadora a educação inclusiva aponta para uma sociedade inclusiva”, continuou Pedro Kemp.

 

Sobre utilizar estratégias para melhor atender as necessidades dos alunos, Pedro Kemp falou sobre a importância da escola na aprendizagem e desenvolvimento de cada um. “É fundamental que os educadores promovam estratégias de ensino que ajudem os alunos a alcançarem um nível mais elevado de conhecimento. Esse é o papel da escola”, completou.

 

Antes de participar do Ciclo de Debates Sobre o Sistema de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON), realizado também no Centro de Convenções do Pantanal, o prefeito Paulo Duarte deu boas vindas aos professores que participavam do encerramento do VII Seminário de Educação Inclusiva. 

 

“É muito gratificante abordar e discutir um tema tão importante como este da educação inclusiva. Nosso objetivo é implantar efetivamente em nossa Rede Municipal de Ensino, uma educação de verdade, inclusiva e desprovida de preconceitos”, afirmou o chefe do Executivo Municipal.

 

Para a secretária de Educação Roseane Limoeiro, o VII Seminário de Educação Inclusiva fechou com saldo extremamente positivo. “Todos os dias foram importantes e produtivos para a educação da nossa região. Eu creio que tanto nós, como os representantes de outros Municípios, levam hoje na bagagem a certeza que é cada vez mais primordial atender com qualidade essa grande diversidade que temos dentro das nossas escolas”, observou Roseane.

 

Resultado

 

Feliz com a conclusão de mais uma capacitação, a professora e psicóloga Junize Torres, que trabalha na sala multifuncional da escola CAIC Padre Ernesto Sassida, falou com satisfação sobre todo conhecimento adquirido durante os dias de capacitação. “Tudo que está acontecendo tem contribuído muito com o nosso aprendizado. Embora a gente saiba que a educação inclusiva ainda não começou, pois ela esta engatinhando ainda, tenho plena certeza que quanto mais discutimos e escutamos sobre esse assunto, aprendemos a incluir mais amor em nosso complexo trabalho diário”, observou a professora.