Na busca pela qualidade, Corumbá trata educação inclusiva em seminário

Com o objetivo de capacitar gestores e educadores para uma transformação dos sistemas em meios inclusivos, a Prefeitura de Corumbá abriu na noite dessa segunda-feira, 04, o VII Seminário de Educação Inclusiva – Direito à Diversidade. A solenidade aconteceu no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez e reuniu representantes de 12 municípios do Estado de Mato Grosso do Sul. O evento vai até o dia 08 com palestras e mesas-redondas a cargo dos profissionais da educação.

 

Na abertura do seminário, a secretária de Educação de Corumbá, Roseane Limoeiro, destacou a importância do evento para o avanço do sistema educacional no Município. “Tenho certeza que este seminário constituirá um tempo e um espaço de enriquecimento de todos e contribuirá para a mudança que tanto almeja esta moderna sociedade que exige novos princípios, valores e atitudes”, declarou.

 

“Nesta semana, espero que tenhamos mais fundamentos para auxiliar a nossa escola na busca de uma educação de qualidade para todos, baseada na garantia dos direitos essenciais e na dignidade humana, condições primordiais para o enfrentamento das desigualdades, o que só ocorrerá a partir do envolvimento e compromisso de cada um”, completou a secretária de Educação Roseane Limoeiro.

 

A presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, vice-prefeita Márcia Rolon, representou o prefeito Paulo Duarte na solenidade, e destacou a importância de uma classe inclusiva. “É muito difícil você trabalhar com a diversidade em sala de aula. O professor precisa entender a diferença, pois todos nós somos diferentes e não dá pra colocar tarja e nem carimbo na cabeça de criança. Desejo que todos consigam romper os preconceitos que existem dentro de nós, e que a nossa educação seja verdadeiramente inclusiva”, enfatizou.

 

Márcia ainda falou sobre a inclusão de atividades artísticas no ambiente escolar. “Eu acredito na transformação pelo poder da arte e junto com a secretária Roseane Limoeiro, estamos lutando para colocar a cultura dentro da escola. A gente acredita que esse tempo integral tem que ser preenchido também com música, dança e arte em si”, finalizou.

 

O palestrante da noite, o juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Campo Grande, Roberto Ferreira Filho, falou sobre o desejo em ver o seminário ultrapassar os aspectos legais e pedagógicos, se solidificando como o compromisso de defender o processo de formação humana e de construção da valorização das diferenças das pessoas e da afirmação efetiva de sua cidadania. 

 

“Hoje a gente não tem mais como improvisar e tem que saber respeitar as diferenças. Isso é um processo que ocorre no mundo inteiro. O Brasil é um país com um pouquinho de atraso. Então, quando você capacita e prepara os educadores e os gestores, a população é quem ganha porque vai retransmitir ou reaplicar esses dados na pessoa que está em formação”, declarou o juiz.

 

Roberto Ferreira Filho fez um link entre educação, direitos humanos e cidadania, demonstrando que a Constituição Brasileira cria um elo sobre esses temas. “Ela vem como missão e formação da cidadania e só com o cidadão formado esclarecido, é que nós temos respeito aos direitos humanos”, completou o Juiz que ainda fez uma rápida repassada histórica da importância da nossa constituição e o compromisso da educação com esse direito.

 

Programação

 

Durante a manhã desta terça-feira, 05, no período de 07h30 às 11 horas, acontece a palestra sobre Educação para as Relações Etnicorraciais, com a professora Drª Carmem Silvia Morentzsohn Rocha, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de MS/ Campus Corumbá. No período da tarde, de 13h30 às 17 horas, os educadores farão uma visita no Museu de História do Pantanal e Estação Natureza Pantanal/Fundação Grupo Boticário.

 

A programação segue no dia 06 com uma palestra sobre a Temática de Gênero na Prática Docente e no Cotidiano Escolar, com a professora Célia Maria Flores Santos. A atividade será realizada no período da manhã, de 07h30 às 09 horas. No mesmo dia, a partir das 09h20, o Defensor Público e Coordenador da Defensoria Pública de Corumbá Carlos Eduardo O. de Souza, Vai ministrar uma palestra com o tema “Educar e Efetivar Direitos.

 

Ainda no dia 06, o Chefe do Núcleo do Campo da Secretaria Municipal de Corumbá, Luis Manoel Bezerra e a Coordenadora do SESC Dourados, Emma Chistian Silveira Doffinger, vão discutir o tema Educação de Jovens e Adultos e Educação do Campo: práticas pedagógicas e perspectivas.

 

No dia 07, haverá uma palestra com o professor especialista Cláudio luiz Vasquez dos Santos, do Centro de Apoio ao Surdo, em Campo Grande. A atividade acontece no período de 07h30 às 11 horas. À tarde, no período de 13h30 às 17 horas, um debate sobre Transtornos Globais do Desenvolvimento, com o psicólogo Fernando Ulisses Rosalino, do Estadual de Educação Especial e Inclusiva, Campo Grande MS.

 

E para encerrar a programação, no dia 08, o Deputado Estadual Pedro Kemp ministra uma palestra sobre o tema Escola Inclusiva. A atividade será realizada no período de 07h30 às 11 horas.