Projeto sobre Noé e sua arca é apresentado pela Escola Ângela Perez

O prefeito Paulo Duarte conheceu o projeto “Canto, Encanto e Aprendo”, que envolveu 60 alunos da escola Municipal Ângela Maria Perez, na noite da quinta-feira, 10. A atividade, trabalhada de uma maneira lúdica e prazerosa, deu vida, cor e dança a aventura de “Noé” com sua arca e os animais que ele salvou do dilúvio, contada no livro de Gênesis, da Bíblia Sagrada.

 

Antes de chamar àqueles que seriam os grandes astros da noite, um pequeno coral, formado por alunos do 3º ano A, abriu o evento cantando uma criativa paródia da música “Comitiva Esperança”. A plateia formada por pais, amigos e professores dos alunos, curtiu cada palavra adaptada à música tipicamente pantaneira.

 

Dando início ao espetáculo, que homenageou também o centenário de Vinicius de Moraes, os alunos cantaram e dançaram ao som dos belos versos que o saudoso poeta deu com graça e inteligência aos bichinhos da arca. “No cotidiano da sala de aula os alunos foram estimulados à leitura e produção de textos com atividades contextualizadas que certamente têm mais significado para eles”, contou a professora Petronilla Justiano de Leão, uma das organizadoras do projeto.

 

Ao todo, 15 músicas fizeram o público resgatar memórias de infância muito carinhosas, como a música o “Pato”, “A casa”, “O Gato”, “A Foca”, entre outras. “Foram quatro meses de elaboração, trabalhando expressão corporal e ritmos com as crianças, todos adaptados ao inteligente e bem humorado versos de Vinícius de Moraes”, destaca o professor e idealizador do projeto, Anderson Dias Nunes.

 

Ainda segundo ele, trabalhar o lúdico com as crianças foi recompensador. “As crianças eram muito tímidas e a partir das atividades extra classe, elas ficaram bem mais desenvoltas e com resultado surpreendente em sala de aula”, completou.

 

Curtindo cada cena do espetáculo, o prefeito Paulo Duarte elogiou o desempenho dos pequeninos. “Minha relação com as crianças é algo absolutamente sincero. Tanto delas para comigo, como eu com elas”, declarou.

 

“Eu fiquei muito encantado com tudo que vi. E aproveito para dizer aos pais: criança tem que brincar com coisas de criança, tem que passar por esse momento. Ngooão tem que começar desde os dois, três anos de idade, com outras coisas, músicas de duplo sentido. Vai ter o tempo pra isso”, observou o chefe do Executivo Municipal, que acrescentou que o mundo está precisando de criança ser criança.

 

O prefeito aproveitou para compartilhar uma experiência de quando era criança, quando participava das atividades da escola. “O que vocês fizeram aqui hoje, foi uma demonstração de capacidade, de competência e carisma, deixando os pais orgulhosos”, destacou Paulo Duarte, deixando um conselho para os pequeninos. “Aproveito esta semana da criança para dizer: vivam como criança, enquanto vocês forem crianças. Brinquem a vontade, pois a escola é um lugar também para aprender muitas coisas brincando”, finalizou.

 

Ao término do musical, a aluna Késsia Soarez Ortiz de Oliveira, do 3º ano A, dedicou um lindo poema ao prefeito Paulo Duarte. 

Prestigiaram também a noite de espetáculo a vice-prefeita e presidente da Fundação de Cultura, Márcia Rolon e a primeira dama e diretora presidente da Fundação do Desenvolvimento e Patrimônio Histório, Maria Clara Scardini.

 

Prêmio Professor por Excelência

 

Buscando incentivar e valorizar projetos educacionais em prol da aprendizagem plena dos alunos da Reme, o Prêmio foi destacado com relevância pela secretária de Educação, Roseane Limoeiro. “A apresentação desta noite é a culminância de um trabalho que começou no mês de maio, quando os professores  fizeram a inscrição no Prêmio Professor por Excelência. É mais do que uma premiação, é participação do professor de forma efetiva no processo de ensino aprendizagem com muita qualidade, trazendo para as nossas crianças a afirmação que a aprendizagem é importante para a vida”, enfatizou Roseane.