Prefeitura mantém ações para evitar violência no ambiente escolar

Trabalhar valores humanos fundamentais para um desenvolvimento equilibrado, ajudando a descobrir e construir identidade e a autoestima dos alunos. Esta foi a formula encontrada pela secretaria de Educação da Prefeitura de Corumbá, para evitar a violência em ambiente escolar. Desenvolvida há um ano, a partir do aumento do piso salarial e a implantação da hora atividade para os professores, as novas técnicas fazem parte da matriz curricular dos alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA.

 

De acordo com a secretária de Educação Roseane Limoeiro, a primeira medida de política pública pensada para tratar o tema, foi a inclusão de disciplinas que trabalhem a base diversificada do currículo. “Ética, cidadania, convivência salutar e solidariedade, já são apresentadas em sala de aula com as matérias oferecidas. Porém, nós queríamos enfatizar tudo isso em uma disciplina que fosse mais específica”, explicou Roseane.

 

Ainda segundo ela, de 1ª a 9ª série, foi incluída nas escolas regulares a disciplina “Formação Cidadã”. “Nós trabalhamos com os alunos temas como a inviolabilidade da vida humana, a liberdade, a integridade individual, igualdade de direitos de todas as pessoas, a cultura da paz, assim como a solidariedade com grupos enfraquecidos e vulneráveis política e economicamente”, acrescentou.

 

Já nas escolas de jornada ampliada e educação integral, onde os alunos permanecem mais tempo nas unidades de ensino, foram incluídas outras disciplinas, como é o caso dos alunos de 1ª a 5ª série, que recebem mais conteúdos como formação pessoal e social, identidade autonomia, valores humanos e formação cidadã.

 

Para os estudantes de 6ª a 9ª série, foram acrescentadas ainda “Juventude em ação” e “Projetando o futuro”, que são disciplinas que ajudam a fortalecer a identidade e elevar a autoestima do aluno, resultando num desenvolvimento equilibrado.

 

Outro tema interessante que os professores trabalham com os alunos em sala de aula, é o “Bonito por Dentro e por Fora”, um tema que ajuda a discutir e perceber a necessidade de adotar hábitos saudáveis de higiene e alimentação. A atividade permite ainda que a criança conheça o próprio corpo, valorizando hábitos saudáveis como aspectos básicos da qualidade de vida.

 

 “Orientar os alunos quanto às atitudes ao se alimentar, trabalhar o tema meio ambiente, conscientizá-los sobre boas atitudes de convivência, promover a cultura da paz e sensibilizá-los sobre a responsabilidade na preservação do patrimônio público, são também elementos fundamentais para evitarmos conflitos que podem tornar-se potencialmente futuros pontos de discussão e problemas”, completou a secretária de Educação Roseane Limoeiro.

 

Segurança

 

Paralelo a todo o trabalho desenvolvido com os alunos em sala de aula, a Prefeitura de Corumbá adota também outras estratégias cidadãs de segurança. Há três meses, agentes da Guarda Municipal atuam como educador social na porta de todas as escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) da área urbana.

 

Mais que zelar pelo patrimônio público, os integrantes da Guarda cumprem também outras tarefas dentro da área urbana da cidade. Como parte de uma ação preventiva, o comando, que está a cargo do Tenente Coronel Waldir Ribeiro Acosta, está disponibilizando seis viaturas e quatro motos para atender a demanda, um trabalho que resulta também em maior segurança para os alunos da Rede Municipal de Ensino.

 

“Geralmente são feitas visitas no horário de entrada e saída dos estudantes. No entanto, a qualquer momento, os diretores podem entrar em contato com a Guarda Municipal, que enviamos equipes para atendê-los”, contou o agente Ojeda Neto.

 

Segundo ele, é feito um rodízio e uma atenção especial é dada àquelas escolas que apresentarem maior necessidade. “Nós conversamos com estudantes, orientamos e buscamos aplicar medidas que possam contribuir para uma boa convivência entre eles”, completou o agente.