No Taquari, Povo das Águas reencontra menina que mobilizou equipe

Como qualquer criança de três anos, Ana Lúcia adora brincar. Sem acesso à televisão, internet ou outra modernidade bastante comum entre as crianças da zona urbana, a pequena moradora da colônia do Limãozinho, área distante da região do Taquari, se diverte correndo, pulando e fazendo ‘danadeza’ junto com os outros cinco irmãos.

Apesar de tímida, Aninha foi uma das que mais se divertiu durante a 7ª edição do Programa Social Povo das Águas, realizada entre os dias 27 de setembro e 03 de outubro na parte média do Pantanal corumbaense. Supervisionada pelas técnicas da Secretaria Municipal de Educação, ela e as outras crianças pintaram os rostos, brincaram de roda, ciranda e cantaram.

Foi uma manhã inteira de atividades lúdicas, que culminou com a entrega do aguardado saquinho de balas e doces, uma homenagem da equipe da Prefeitura aos santos Cosme e Damião. A alegria de Ana Lúcia contrastou bastante com a última vez que a ação esteve no Taquari, no mês de julho.

A imagem da menina fraca, quieta e fragilizada por uma grave infecção nos rins, que encarou uma viagem de quase 4 horas de voadeira até a Santa Casa de Corumbá, onde ficou internada por quase um mês, ficou no passado. “Hoje ela está ótima”, comemorou a mãe, Maria Auxiliadora de Moraes, 25 anos.

E a temporada que as duas passaram na cidade serviu também para colocar outros assuntos em dia. Encaminhada pela Secretaria Municipal de Assistência e Cidadania, Maria Auxiliadora passou pelo CRAS e providenciou toda a documentação dela e dos outros filhos, os cinco nascidos lá mesmo no Limãozinho, com ajuda de uma parteira.  

Esse trabalho teve o apoio do CREAS de Ladário, que fez a busca ativa dos familiares da ribeirinha. Maria foi inscrita no CADÚnico e já no mês que vem deve começar a receber o Bolsa Família do Governo Federal. “Minha vida mudou muito com a ajuda do Povo das Águas”, completou a mãe de Ana Lúcia.

Ainda durante a ação social, ela aproveitou para passar novamente pela consulta médica, odontológica e receber a cesta básica oferecida pela Prefeitura. A novidade dessa ação foi a participação da delegada Joilce Ramos, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher. Ela falou sobre violência familiar e a Lei Maria da Penha.