Idosos de Corumbá comemoram data internacional com dia recreativo

“Vocês têm um espaço especial na nossa administração, espaço de carinho por tudo o que vocês fazem , vão fazer ainda e pelo muito que já fizeram na vida e pela cidade em que vocês vivem”. Foi dessa forma que o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, se dirigiu a mais de cem idosos na manhã desta 3ª feira, 1º de outubro, durante abertura das comemorações do Dia Internacional do Idoso.

 

Realizado na sede da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), o dia começou com um farto café-da-manhã. Leite, pães, bolos, frutas e biscoitos para dar energia a uma programação composta de apresentações culturais, oficinas de dança e atividades recreativas.

 

“Vocês sabem a importância que têm, o que já fizeram, a história de cada um carrega, a experiência e a gente tem que ter um profundo respeito por essa história, um respeito verdadeiro que tem que ser mostrado com atitudes, estamos fortalecendo as atividades voltadas a terceira idade”, disse o prefeito Paulo que assistiu ao desfile do casal de idosos escolhidos como os mais belos de Corumbá. Josefa, de 81 anos, e Alfredo, de 87 anos, mostraram desenvoltura na passarela.

 

“Hoje é apenas mais um dia que a gente se reúne porque nosso respeito, nosso carinho é todo dia. Eu tenho uma relação muito próxima com os dois extremos: as crianças e os mais experientes. Muitos jovens são mal-humorados e vocês não, estão sempre com um sorriso no rosto”, observou o prefeito que foi convidado a dançar chamamé por algumas senhoras.

 

O evento, organizado pela secretaria de Assistência Social e Cidadania e o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, tem a participação de idosos do Asilo São José, do projeto Conviver e do grupo Bela Idade.

 

“A gente vê que existe uma valorização, o idoso não é mais aquele coitadinho que não faz nada, que não consegue fazer suas obrigações, passa a ser um ser independente, participativo que tem que tomar tomar decisões necessárias”, falou Adelaide Maria Dias da Cruz, presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, ao citar o Estatuto do Idoso e outros dispositivos implantados na busca da garantia dos direitos e qualidade de vida do público idoso.

 

Para provar que a interação entre as gerações traz benefícios para toda sociedade, na programação, crianças do Coral do CRAS 4 fizeram uma apresentação especial. Adolescentes que participam do Pro-jovem mostraram uma peça teatral onde os conflitos familiares acabaram por ensinar a valorização dos idosos.

 

“Hoje em dia a gente não fala o idoso, mas a família por isso trazemos os jovens, as crianças. Nos CRAS trabalhamos as famílias e mostrar essa valorização, o respeito. É fundamental conscientizar o jovem dessa importância aos mais idosos, estender a mão, ceder o lugar no ônibus, então não podemos desistir por uma sociedade mais justa, tolerante e fraterna”, analisou Adelaide Cruz.