Prefeito visita drenagem do Cravo e quer concluir obra ainda este ano

As obras de drenagem e pavimentação asfáltica da Rua 7 de Setembro, no Cravo Vermelho, deverão estar concluídas até o final do ano. É isto que deseja o prefeito Paulo Duarte que no final da manhã desta segunda-feira, 16, fez uma visita ao local e demonstrou otimismo em relação ao fim de um drama da comunidade de toda a região, durante chuvas intensas.

 

Paulo acompanhou de perto o trabalho de drenagem que está sendo executado em boa parte da 7 de Setembro. Na chegada, acompanhando do secretario de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Luiz Mário Preza Romão, e dos vereadores Marcelo Iunes, presidente da Câmara, e Tadeu Vieira, o chefe do Executivo conversou com trabalhadores que, ao lado de equipamentos pesados, estão sendo responsável pela abertura das valas profundas, para implantação da tubulação responsável pela captação de água pluvial de toda a região.

 

A drenagem, conforme o próprio prefeito, é necessária para por um ponto final nos problemas de inundações do Cravo Vermelho. “É uma obra que, quando passar o asfalto, ninguém vê, mas de extrema importância para solucionar este problema”, afirmou, enquanto descia em uma das valas abertas, com utilização inclusive de dinamite, para instalação dos tubos de concreto.

 

Enquanto homens e máquinas realizam o serviço, moradores da região demonstram maior confiança em relação ao futuro. Para quem já viveu o drama de ter sua casa invadida pelas águas de chuva, como ocorreu no início de 2013 e em anos anteriores, o barulho e o excesso de terra e pedras, que acabam causando muita poeira, não são preocupantes.

 

“Quando chove é um drama. Em uma dessas chuvas, aqui ficou cheio d’água. A nossa esperança é que, com esta obra, este problema seja solucionado”, disse Ketty Varanes de Abreu, comerciante na Rua 7 de Setembro, na divisa do Cristo Redentor com o conjunto Cravo Vermelho.

 

A drenagem faz parte de um pacote lançado pelo prefeito Paulo Duarte que atende também o Bairro Guarani, no valor de R$ 2.950.551,61, sendo R$ 1.887.330,92 só para drenagem, recursos da própria Prefeitura, proveniente de impostos que a população paga, e R$ 1.063.220,69 para pavimentação asfáltica, do Governo Federal, via emenda parlamentar do senador Delcídio do Amaral.

 

Na visita desta manhã, o prefeito relembrou o drama dos moradores do Cravo no início do ano. Conforme ele, este problema somente será resolvido a partir desta obra em execução. Sabe das dificuldades que estão sendo encontradas devido ao solo rochoso, mas que é preciso enfrentar este desafio, para eliminar problemas de inundações e garantir a qualidade do pavimento.

 

A drenagem e pavimentação da 7 de Setembro foi uma promessa feita durante sua campanha. Projetos foram encaminhados para Brasília, no sentido de captar recursos, para execução dos trabalhos. No entanto, diante de um quadro observado por ele próprio no mês de fevereiro, fez com que o prefeito priorizasse a drenagem no Cravo.

 

“Estive aqui em fevereiro, durante uma forte chuva. Vi a tristeza das famílias com suas casas invadidas pelas águas. Por isso mesmo decidimos, com recursos próprios, iniciar esta grande obra, para depois implantar o asfalto”, reforçou Paulo, observando que esta obra será responsável pela captação de toda água que desce da região de morraria, em período de chuva, evitando novas inundações no Cravo.