Prefeito destaca papel de vereadores como elo entre população e Executivo

Escolhida para sediar o “Seminário Meio Ambiente, Sustentabilidade e Legislação nos Municípios”, a cidade de Corumbá está recebendo vereadores de vários municípios de Mato Grosso do Sul. O evento, realizado pela União da Câmara dos Vereadores de Mato Grosso do Sul e pelo Instituto Sul Brasileiro de Administração, conta com a parceria da Prefeitura de Corumbá.

 

Na solenidade de abertura realizada na manhã desta 5ª feira, 26 de setembro, estiveram presentes o governador de MS, André Puccinelli, e os prefeitos de Corumbá, Paulo Duarte, e de Ladário, José Antônio Assad e Faria.

 

Como anfitrião do evento, o prefeito Paulo fez questão de destacar o importante papel do Legislativo para o desenvolvimento do município. Duarte, que exerceu mandatos como deputado estadual, e hoje, está à frente do Executivo de Corumbá, declarou que é preciso um diálogo afinado entre os Poderes.

 

“Eu conheço os dois lados, até porque fui por seis anos deputado estadual. Conheço as dificuldades tanto de um lado quanto de outro por isso sei a importância de uma relação franca e aberta, leal e transparente. O Executivo sozinho não consegue fazer muita coisa. Sei do papel difícil do vereador dentro de uma cidade porque acaba recebendo todas as reivindicações. Além de legislar e fiscalizar, acaba sendo o elo da sociedade civil”.

 

O prefeito Paulo ainda destacou a boa relação entre o Executivo e o Lesgislativo locais, atribuindo a essa postura as realizações que o município vem somando ao longo desses nove primeiros meses de gestão.

 

“Temos uma relação muito próxima e profícua com a Câmara de Vereadores que vem sendo parceira da cidade de Corumbá. Muito das coisas que estão acontecendo é fruto dessa parceira que temos desde o primeiro dia da nossa Administração, então sabemos a importância para o Executivo em ter uma relação harmônica com a Câmara, sem que isso fira nem o papel do Executivo, nem o do Legislativo”, frisou.

 

O discurso do prefeito Paulo Duarte foi seguido pelo governador do Estado, André Puccinelli, que falou aos presentes na abertura do evento, destacando a interação entre o Executivo e o Legislativo de Mato Grosso do Sul.

 

“O prefeito tem que se relacionar com o Poder Legislativo como fazemos, nós do Estado, com o Poder Lesgislativo em nossa esfera. Se a parceria, mesmo sendo de oposição, não se estabelece, se não há o respeito à figura institucional do Executivo e do Legislativo, o município não vai para frente. Pude testemunhar, ao longo da minha vida política, que os municípios perdem muito quando se estabelece uma batalha”, observou.

 

O evento seguiu com as palestras “A Pesca em Mato Grosso do Sul”, proferida pelo deputado estadual Paulo Correa e “Avanços do setor pesqueiro no Brasil e MS”, com o superintendente Federal da Pesca e Aquicultura, Luiz Davi Figueiró.

 

Na parte da tarde, das 14 às 16 horas, é a vez das palestras “Relação entre os poderes”, com Reinaldo Campos, Relações Institucionais do Ministério Público de Contas de MS e “Gestão Ambiental”, com a diretora-presidente da Fundação Meio Ambiente do Pantanal, Luciene Deová de Souza.

 

Na sexta-feira, 27, último dia do evento, acontecem mais duas palestras: “Projeto Cultivando Água Boa”, a cargo de um representante da Itaipu Nacional, e “Contas Públicas”, com Jersino José dos Anjos, auditor do Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul.