“Negra Corumbá” destaca valores e vigor da cultura afro-brasileira

 

Para enfatizar os valores da diversidade e o vigor da cultura afro-brasileira, a Prefeitura Municipal realizou na noite desse sábado, 28, o evento “Negra Corumbá”, que encerrou as comemorações pelos 235 anos da cidade pantaneira, com muitas rodas de conversas Jogo de capoeira, poesias, teatro, dança e grafitagem, na Praça da Independência.

 

 

Arriscando alguns movimentos na roda de capoeira, o prefeito Paulo Duarte participou da festa, que reafirmou as raízes do povo negro, sua alegria e auto-estima. “Corumbá tem uma relação muito forte com a arte e com a cultura, que eu acredito, sistematicamente, que temos que dar vazão a todas essas expressões culturais de nossa cidade. Esta é a praça da diversidade cultural, mostrando que todos os ritmos, as tribos, todos têm vez em nossa terra”, garantiu o prefeito.

 

E com status de arte e cada vez mais valorizada em grandes centros urbanos, o grafite conquistou o chefe do Executivo Municipal, que conferiu  na prática, o belíssimo trabalho do grafiteiro Helker Hernandes. Durante a experiência artística, Paulo Duarte aproveitou para grafitar também. “Nossa, este é o meu melhor desenho”, brincou Duarte após participar da atividade e confeccionar seu próprio trabalho.

 

 

Durante a festa, o público conferiu o show musical com Bibi do Cavaco, que começou com o chorinho, passou pelo pagode e terminou com muito samba. “A cidade respira as raízes negras e ainda tem o maior carnaval do estado”, declarou o artista, que ainda destacou a influência da cidade em sua carreira.

 

 

Curtindo o evento ao lado da família, Adelma Gomes de Souza, que é natural da cidade de São Jão Del Rei, em Minas Gerais, falou sobre a alegria de participar da festa. “Essa manifestação cultural afro é algo lindo de se vê. E eu, que já morei em Corumbá por nove anos, sei que a cidade respira cultura e não poderia deixar de homenagear essa negritude linda”, declarou a dona de casa.

 

 

 

Organizado pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania, por meio da Gerência de Promoção da Igualdade Racial e a Fundação de Cultura, o evento vem com a proposta de entrar para o calendário de festividades da cidade para os próximos anos. “Nós estamos com essa missão de promover essas ações afirmativas, através desse evento preparado especialmente com aspectos culturais dessa população negra, que chega a 71% da população de Corumbá”, enfatizou a secretária de Assistência Social e Cidadania Andrea Ulle.

 

 

De acordo com o gerente de Promoção da Igualdade Racial, Rogério César, o evento incentiva o negro a mostrar a sua cara. “Vamos mostrar a nossa cultura através do samba, da capoeira, religião de matriz africana, poetas negros, ou seja, trazer nossa cultura para a praça, nesse movimento que integra a população à produção cidadã e cultural, de maneira consciente e ativa, tendo em vista também a inclusão em ambientes próprios à fruição cultural”, observou Rogério.

 

Parcerias

 

O “Negra Corumbá” contou com as parcerias do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Defesa da Comunidade Negra de Corumbá (COMDDEN); grupos ALEC, Eterno Arte Crew, FALA, Acorema; grupos de capoeira Cordão de Ouro, Libertos e Liberdade dos Negros.