Procon Rural é lançado em Albuquerque com grande demanda da comunidade

A Prefeitura de Corumbá acertou em descentralizar as ações da Gerência Municipal de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon). O lançamento foi na sexta-feira, 30, no Distrito de Albuquerque, e já no primeiro dia de trabalho, a demanda foi enorme. A comunidade, que compareceu em grande número, aproveitou a oportunidade para tirar dúvidas e aproveitou para fazer os mais diferentes tipos de reclamações.

 

O lançamento aconteceu na Igreja Imaculada Conceição com a presença do subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa. No ato, os presentes receberam a cartilha sobre os direitos do consumidor, para em seguida, iniciar o atendimento aos presentes, realizado pela advogada do órgão, Lucianne Andréa.

 

As maiores reclamações da comunidade de Albuquerque, neste primeiro contato, estavam relacionadas aos serviços de telefonia, energia elétrica, dívidas sem contratação de serviço, inclusão no cadastro de devedores do SPC/Serasa sem contratação de serviços, demora na chegada de contas a pagar, juros cobrados por dívidas vencidas, nota fiscal, certificado de garantia entres outros.

 

“O Procon Rural está sendo lançado justamente para isto, para atender quem mora longe da área urbana e que tem dificuldades em resolver problemas como estes apresentados aqui. Esta iniciativa reforça um compromisso do prefeito Paulo Duarte em aproximar a população que reside na área rural, de todos os serviços disponibilizados pelo Poder Executivo. Já neste primeiro dia, o resultado foi totalmente positivo”, disse Nilo.

 

O subsecretário informou que o trabalho será desenvolvido em parcerias e que o Procon Rural terá apoio do CRAS Rural. “Serão os integrantes dessa equipe que trarão para o Procon, as demandas que merecem uma resposta e solução no trato dos direitos do consumidor”, observou, enquanto encaminhava consumidores com contas de telefone, energia, e outros, para esclarecimentos.

 

“Muitas vezes esse consumidor que mora distante da cidade, compra um produto e pela dificuldade de acesso, acaba ficando prejudicado na relação. Vamos utilizar os serviços do CRAS Rural para ser o elo entre esse cidadão e o Procon, facilitando e assegurando que seu direito de consumidor, seja garantido”, explicou Nilo Corrêa.

 

A população aprovou a iniciativa e festejou mais um serviço à disposição. “É muito importante termos esses esclarecimentos do Procon aqui no distrito. O povo terá condições de se manifestar. Só fiquei sabendo que tinha uma conta indevida, depois que o correio veio funcionar aqui”, afirmou o comerciante Sérgio Silva dos Santos. O posto avançado dos Correios foi inaugurado agora, em agosto, pelo prefeito Paulo Duarte.

 

Quem também elogiou a disponibilização do novo serviço foi a dona de casa Ana Paula de Jesus Norberto. Para ela, a presença do Procon na região “é muito bom, pois evita de estarmos indo para a cidade e tendo gastos com isso. Nós temos muitas dúvidas na questão dos serviços prestados e cobrados de telefonia e o Procon Rural é a garantia dos nossos direitos”.

 

“O Procon aqui irá resolver nossos problemas, pois somos enrolados como consumidores quando vamos até a cidade. Por morarmos longe, não conseguimos reclamar”, completou Nilza de Souza Rodrigues.

 

Para facilitar ainda mais o atendimento, a Prefeitura disponibilizou os números telefônicos para um contato mais direto com o Procon na área urbana. Segundo Nilo, “quando um consumidor, que mora distante da cidade, no distrito, nos assentamentos ou na região ribeirinha, ao ligar e se identificar como Procon Rural, terá um atendimento observando essa especificidade, que é de longe, da área rural, que não tem a oportunidade de fazer sua reclamação pessoalmente”, finalizou o subsecretário.