Prefeitura obtém primeira vitória e Azul baixa em 30% valor dos vôos em Corumbá

A prefeitura de Corumbá conquistou nesta semana a primeira vitória na busca pela melhoria da prestação de serviços da companhia aérea que opera na cidade. Em contato com a administração municipal, a Azul Linhas Aéreas confirmou oficialmente a redução de 30% no tarifário praticado pela empresa nos vôos que saem e chegam a Corumbá.

 

Segundo o executivo de contas da área comercial da Azul, Alessandro Faiete, a decisão foi tomada após reunião realizada em Campo Grande, no último dia 10 de maio, entre a direção da empresa, o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, a diretora-presidente da FUNDTUR/Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes, a diretora-presidente da FUNDTUR/MS, Nilde Brum, empresários do turismo corumbaense, um porta-voz do senador Delcídio Amaral e representantes de outras instituições e autarquias ligadas ao turismo e aviação.

 

Na ocasião, os executivos da companhia aérea se comprometeram a discutir a questão internamente e dar um retorno em, no máximo, 15 dias. “A alta temporada de viagens aéreas do período de férias obrigou-nos a adiar as iniciativas mas, como resultado da reunião, informamos que toda a estrutura de tarifas das passagens aéreas no trecho Campo Grande-Corumbá e Corumbá-Campo Grande foram reduzidas em aproximadamente 30%”, disse.

 

De acordo com o diretor da Azul, o novo tarifário já está disponível no sistema da companhia aérea e, para compras com antecedência de aproximadamente 28 dias, com valores à partir de R$ 89.

 

O prefeito Paulo Duarte, que sempre condenou os preços proibitivos das passagens aéreas na cidade, comemorou a decisão da Azul e aproveitou para mandar um recado a outras grandes empresas instaladas em Corumbá. “Vamos acompanhar de perto esse tarifário para que isso, de fato, permaneça”, disse. “Aí está a prova de que um diálogo franco, aberto e as vezes até, duro dá resultado. Essa conquista é fruto da nossa luta e indignação contra o desrespeito que Corumbá vem sofrendo, sobretudo da parte das grandes empresas instaladas em nossa cidade. Que isso sirva de exemplo para algumas delas, que insistem em ter uma relação distante com o povo”, acrescentou.

 

Próximos passos

 

Desde quando ainda era candidato à prefeitura de Corumbá, Paulo Duarte já falava da necessidade urgente de melhoria na prestação de serviço da companhia aérea Azul. Por isso, a redução das tarifas aéreas é um fato que merece ser comemorado, porém, segundo ele, é ainda “apenas um primeiro passo” na direção da melhoria da relação entre Azul e a cidade de Corumbá.

 

Há outras demandas que ainda precisam ser apreciadas, como o cancelamento sistemático de diversos voos, prejudicando bastante o turismo na cidade. Na última reunião com os dirigentes da empresa, o prefeito pediu explicações e principalmente providências e ouviu da diretoria da Azul que não há meios de se cancelar imediatamente essas mudanças nos horários dos voos domésticos para a Cidade Branca, uma vez que a própria Agência Nacional da Aviação (ANAC) já autorizou e qualquer alteração nesse sentido demoraria no mínimo dois meses para ser processada e aprovada pela ANAC.

 

A prefeitura ainda aguarda uma posição da Azul no sentido de rever esses cancelamentos, sobretudo dos voos aos sábados, que tem provocado muitos transtornos aos turistas que já têm pacotes fechados. De acordo com os representantes da Azul, a aeronave é colocada em manutenção nesse dia, mas como o cliente não pode ser prejudicado, eles se comprometeram a levar essa questão à diretoria da empresa e encontrar uma solução para o caso.

 

A prefeitura de Corumbá solicitou também a revisão dos horários dos voos, uma vez que os mesmos não são adequados à atividade turística.