Prefeito recebe autoridades eclesiásticas para tratar das obras da Igreja Matriz

O prefeito Paulo Duarte e a diretora-presidente da Fundação do Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico e Desenvolvimento Urbano (FUPHAN) receberam no gabinete nesta quinta-feira, 29, Dom Segismundo Martinez, bispo da Diocese de Corumbá, e o padre Fábio Vieira, pároco da Igreja Nossa Senhora da Candelária.

 

“Antes de mais nada, e com imensa alegria, reafirmamos a eles a inclusão da Igreja Matriz e da Praça da República, que fica bem em frente à igreja, no PAC das Cidades Históricas para obras de restauração e requalificação. A Igreja de Nossa Senhora da Candelária, aliás, será um dos primeiros projetos a serem executados na nossa cidade”, disse o prefeito, que acrescentou que a maior homenagem que a administração poderia prestar à padroeira de Corumbá, Nossa Senhora da Candelária, é restaurar a igreja que leva o nome da Santa, no centro da cidade.

 

Mas o principal objetivo do encontro com as autoridades eclesiásticas de Corumbá foi o de incluí-las na etapa do projeto de restauração da igreja, já iniciada pela FUPHAN. “O que pode ser trocado e o que deve retornar às suas características originais, enfim, o alinhamento entre a FUPHAN e as lideranças religiosas nesse processo mostra o respeito que esta administração tem com a Igreja Católica e com todas as religiões e será fundamental para um resultado satisfatório a todas as partes”, acrescentou.

 

Um novo encontro com o Dom Segismundo e o padre Fábio ficou pré-agendado para a segunda semana de setembro, quando colheremos sugestões e propostas para a inclusão no projeto. Após essa etapa, entra a fase de licitação e início imediato das obras, uma vez que as verbas já estão contingenciadas e foram garantidas pela própria presidenta Dilma Rousseff.